sábado, 17 de janeiro de 2015

Street Sharks - Figuras de Acção


Voltamos a receber na Enciclopédia um convidado especial, o debute "crómó" de Pedro André Conde, que partilha com a comunidade a sua experiência com uma linha de figuras de acção da Mattel ("He-man e os Mestres do Universo", "Barbie"), os "Street Sharks" conhecidos entre nós como "Tubarões da Rua" (e no Brasil "Tubarões Urbanos"). Como podem ver pelo texto, o Pedro é um coleccionador entusiasmado:

Street Sharks – Figuras/Bonecos de Acção (Mattel) por Pedro André Conde

Apesar da serie dos Street Sharks (Tubarões da Rua em Portugal) em 1994, ter tido uma grande audência, os seus produtos também foram alvo de grande entusiasmo e divertimento para todas as crianças.
Lembro-me no meu tempo de míudo, as figuras que estavam à venda não eram os iniciais, mas sim os das “Linhas/Series” seguintes, e eram muito caros também. Isto ainda na altura do Escudo. Consegui ainda adquirir algumas figuras apesar desse problema.
Aqui vão as fotos dos que comprei até agora e os que consegui encontrar em casa.
O primeiro que sempre quis foi o vilão principal da serie: Dr. Luther Paradigm, também conhecido por Dr. Piranoid. Em que depois de muita luta para o comprar no Jumbo de Setúbal, ele não era a versão inicial que queria mas sim a seguinte, e isto porque os que apareceram à venda eram os das linhas seguintes e não os primeiros (e acho que nunca vi esses à venda em qualquer lado). Mas apesar disso, nunca deixei de brincar com ele ou gostar da figura em si.



Mais tarde comprei o Repteel também em Setúbal e o Killamari na antiga Feira Nova do Barreiro agora Pingo Doce e era a loja onde vendia imensos, mas acima de tudo, lembro-me que no ano seguinte houve uma promoção no mesmo Jumbo: 500 escudos cada figura dos Street Sharks! Aquilo foi de morrer: havia tantos míudos a querer comprar vários. Lembro-me que houve um que “derrubou” o paínel do Big Slammu para tentar apanhar o que queria. Consegui ainda comprar dois para mim: Series 2 Jab e o Ravenous Ripster; e para a minha irmã também: o Rox e o Radical Bends. Infelizmente não sei onde se esconderam o Ripster e o Bends, mas ainda hei-de encontrá-los.



Houve também outros conhecidos por “Ocean Warriors”: havia apenas quatro bonecos e eram imitações baratas mais pequenas e com outros acessórios do Jab, Slobster, Moby Lick e Strex.




Depois de tantos anos, encontrei no OLX em 2013, um dos mais raros: o Mecho Shark, completo e sem defeitos! Comprei-o logo sem pensar duas vezes, e mal me chegou às mãos, vieram-me as recordações de quando via os episódios e quando brincava com eles.



Naquela altura, a infância era do melhor quando se tinha bonecos como os Tubarões da Rua, e até o próprio nome em português era e é espectacular de ouvir.
Ainda hoje procuro mais figuras incluindo o Dr. Piranoid que tanto pretendo, só que pelos vistos o “meio virtual” mais possível de comprá-los é no Ebay, onde consegui adquirir o Slobster impecável ainda este mês e ano presentes (Dezembro de 2014).



Resumindo, não pude deixar de querer partilhar esta linha de brinquedos única que tanto entusiasmou muitas crianças e que já não se fazem assim hoje em dia, e eram acima de tudo... “JAWESOME”!!!

---

Novamente, muito obrigado ao Pedro André Conde pela participação!

Podem ler os posts dos nossos "Convidados Especiais".

Como sempre, o leitor pode partilhar experiências, corrigir informações, ou deixar sugestões aqui nos comentários, ou no Facebook da Enciclopédia: "Enciclopédia de Cromos". Visite também o Tumblr: "Enciclopédia de Cromos - Tumblr".

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...