sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Promoção Rodelas de Chocolate Tartarugas Ninja (1993)





Em 1993 as Tartarugas Ninja ainda estavam em grande, a série de TV ainda a 3 anos de terminar, com um filme novo e toneladas de merchandising empurrados para a pequenada. A Imperial foi uma das marcas mais reconhecidas pelos portugueses, e apesar dos favoritos Pintarolas, Fantasias (de Natal) não era uma marca associada a "fixe", com os seus chocolates mais clássicos. Mas em 1993 a Imperial lançou uma promoção com as quatro tartarugas mais fixes do planeta.
Para ganhar os milhares de prémios bastava juntar "8 Pratinhas das Rodelas de Chocolate TARTARUGAS NINJA" e enviar pelo correio.
Como não tinha sorteio, alegadamente, os primeiros envelopes a chegar (até 31 de Dezembro de 1993) ganhavam os melhores prémios e os últimos um porta-chaves de compensação.
A lista dos prémios, por ordem de chegada:
20 Turtle Tanks
20 Helicópteros
20 Motos
100 Relógios Digitais
50 Bonecos Turtles
10000 Porta-Chaves.
Podem apreciar as imagens de todos esses produtos de sonho neste adorável desdobrável que adquiri recentemente para a minha colecção:


A partir do envelope nº 10211 já não tinha direito a prémio, temos pena. Algum dos nossos leitores participou nesta promoção e ganhou alguma coisa? Contem nos comentários!
Lembro-me vagamente destas Rodelas de Chocolate Tartarugas Ninja, mas nesta época tínhamos os jovens Tarta-Heróis estampados em practicamente tudo o que possam imaginar...



terça-feira, 20 de agosto de 2019

Blocos publicitários RTP (Julho 1992)

por Paulo Neto



Há já algum tempo que não fazemos um artigo de análise a blocos publicitários de outrora e infelizmente com o cancelamento do canal Lusitania TV e seu restabelecimento, vai demorar algum tempo até que muitos destes artigos estejam operacionais de novo. Mas existem outros canais que têm publicado intervalos publicitários das nossas televisões no YouTube, como é o caso do canal de Vasco Ferreira, que nos traz três vídeos de intervalos da RTP 1 e RTP2 de 23 e 24 de Julho de 1992, naquele que foi o último Verão da RTP como única estação de televisão em Portugal e em que um dos principais pontos altos foram os Jogos Olímpicos de Barcelona que começariam no dia 25 desse mês.



0:00 Começamos de forma um bocado abrupta com imagens de que parece ser o mais conhecido anúncio ao leite Matinal com uma mulher no jardim. Logo de seguida, temos um anúncio ao Brise Electrofresh, um dos primeiros ambientadores que se ligação à corrente eléctrica a serem comercializados em Portugal, prometendo 30 dias de frescura e bons cheiros. A cantar o jingle estava Gustavo Sequeira que na altura era o cantor mais procurado para interpretar jingles publicitários, deixando vários para a história como por exemplo, "Selvagem, uma dentada em Lion"
0:29 Parodiando os anúncios aos automóveis, a Trinaranjus (que a minha mãe ainda hoje chama TriLaranjus!) promovia o seu novo modelo 33cl, "isento de seguros e impostos".
0:38 Um par de pés dança alegremente enquanto o seu dono lê o Expresso refastelado no sofá. Desde 1973 que este semanário faz parte das aquisições de muitos portugueses a cada Sábado.
0:59 Há já várias décadas que Pronto é a marca líder no que toca a limpar objectos de madeira. Neste anúncio vemos uma família em que o pai constrói um mini roupeiro de madeira para a filha enquanto a mãe limpa os móveis com Pronto. Sim, será um perpetuar dos clichés dos papéis domésticos mas não deixa de ser ternurento o momento em que a menina leva o mini armário acabado de ser feito para a mãe passar com Pronto.
1:19 A actriz Kelly McGillis terá sempre o seu lugar na história do cinema graças ao seu papel em "Top Gun". Embora ela tenha desde então evitado papéis sensuais, McGillis, tal como várias outras actrizes, aceitou dar a cara nesta campanha da Lux, promovendo o seu gel de banho em que a vemos num relaxante banho de imersão. (Já não me lembrava de quando os produtos Lux tinham este logótipo)
1:51 "Prémios, prémios e mais prémios!" Era o que prometia o Jornal de Notícias, vulgo JN, no seu Jogo de Verão. 
1:57 Um cenário montanhesco para comparar o poder de refrigeração dos frigoríficos Hoover.
2:06 Será que tal como em 1992, quando se pensa em mousse de chocolate pensa-se logo na marca Alsa? Neste anúncio, um grupo de crianças joga um jogo de computador onde uma personagem tem de apanhar taças e pacotes de mousse enquanto saboreiam uma tigela de mousse Alsa. 
2:36 Neste anúncio ao Citroen ZX, uma mulher misteriosa de cabelo ruivo ao volante do dito veículo é perseguida por dois homens noutro carro. No final, ela consegue livrar-se deles atraindo-os para uma sucata e fazendo com que o carro deles seja apanhado pelo íman gigante.
3:07 Anúncio à revista Guia com um especial dedicado às brincadeiras entre pais e filhos.
3:15 Um dos mais icónicos anúncios das tintas Robbialac, dedicado à gama Stucomat. "Stucomat é uma grande tinta, Stucomat é Robbialac!"
3:32 Promo a um novo episódio da famosa série "Dinastia", sobre as intrigas e manias de duas famílias milionárias. Na verdade, tratava-se de um epílogo especial de dois episódios exibidos nos Estados Unidos em 1991, dois anos após o fim da série propriamente dita. Nesta promo vemos a intrigante imagem de Krystle, a personagem de Linda Evans, a apontar uma pistola a Blake (John Forsythe).            



0:00 Mudamos agora para a RTP 2, com a vinheta da RTC.
0:04 E agora sim, temos o anúncio ao Leite Matinal na íntegra, com voz off de Ana Zanatti, e uma elegante mulher a cuidar do seu canteiro de tulipas. E para sempre ficou o slogan: "Se eu não gostar de mim, quem gostará?"
0:35 Outra voz muito comum em anúncios publicitários, a inconfundível voz do actor Canto e Castro, num anúncio animado ao Ezalo, na altura a marca de excelência para acabar com o eterno flagelo estival das melgas em casa. E mais um bordão publicitário para a eternidade: "Vai t'embora, ó melga!"
0:51 Os Jogos Olímpicos de Barcelona teriam a sua cerimónia de abertura no dia seguinte e a Kodak era um dos patrocinadores oficiais. Em Janeiro de 2011, o mundo foi surpreendido pelo anúncio de bancarrota por parte deste gigante da tecnologia fotográfica, mas a marca reemergiu em 2013.
1:01 Um belíssimo anúncio ao turismo em Portugal mostrando várias cenas e paisagens do nosso país, ao som de uma versão de "Verdes São Os Campos", um poema de Luís de Camões originalmente musicado por Zeca Afonso. 
1:47 Um destaque na RTP 2 para a exibição do filme "Sarilhos Com Marujos" com o mítico comediante francês Fernandel (1903-1971). Pelo que pude aparar, trata-se de um filme de 1934, de título original, "Les Bleus de la Marine".



0:00 Em 1992, o gel de banho Tahiti Duche com as suas embalagens cúbicas e coloridas ainda estava à venda em Portugal. Na altura, anúncios publicitários onde eram descomplexadamente exibidos seios femininos já não eram novidade, mas ainda eram relativamente raros, daí que estas imagens de uma jovem tomar alegremente banho num cenário tropical devem ter sido recebidos com algumas sobrancelhas (e não só) erguidas! Mas meses mais tarde, a SIC logo no seu advento faria de imagens de maminhas ao léu no programa "Água Na Boca" um dos sinais de que Portugal entraria num admirável mundo novo televisivo. 
0:22 Uma bonita jovem dá a cara pelo iogurte Yoplait magro (apesar da sua notória falta de jeito para representação).
0:42 Anúncio à peça "Apanhados no Divã" de Joe Orton (1933-1967) então em cena no Teatro da Cornucópia, em que podemos ver actores como Luísa Cruz, Márcia Breia e Camacho Costa em trajes menores. O título original é "What The Butler Saw" e foi levada a cena pela primeira vez em Londres em 1969, dois anos após a morte do dramaturgo.
0:50 Apenas uma embalagem de champô Palmolive traz cor a este estiloso anúncio a preto e branco.
1:20 Uma mulher e um homem (João Baião) procuram algo no que se vem a descobrir ser um gigante pacote de arroz Saludães! Enviando pelo correio três marcas de embalagens, na altura era possível ganhar um dos cinco cheques de mil contos (5000 euros) e jogos de vídeo.
1:41 Em 1992, Macau ainda era território nacional (só estaria de novo sob vigência da China sete anos mais tarde), daí se justificar este destaque da RTP 2 para a exibição da eleição da Miss Macau desse ano. Pelo que descobri, a eleição da mais bela deste território do Extremo Oriente realizava-se desde 1986 e nesse ano a coroa da vitória foi parar à cabeça de uma jovem de seu nome Ho Lok-I. Por curiosidade, entre as vencedoras deste título constam quatro irmãs: Guilhermina, Isabella, Geraldina e Guiomar Madeira da Silva Pedruco foram coroadas respectivamente em 1989, 1993, 1995 e 1996. 
2:09 Mesmo no fim, a imagem da actriz brasileira Beth Goulart na mini-novela "Riacho Doce" (1990) então exibida na RTP2. Nos principais papéis estavam Vera Fischer, Carlos Alberto Riccelli, Fernanda Montenegro e Herson Capri.       


terça-feira, 13 de agosto de 2019

American Pie - A Primeira Vez (1999)

por Paulo Neto

O final dos anos 90 viu nascer uma nova vaga de filmes sobre adolescentes, uma temática que esteve em alta nos 80 mas que foi esmorecendo no início da década seguinte. Mas a partir de "Scream" - que por si só trouxe sangue novo, salvo seja, ao cinema de terror - houve um renascer da temática do cosmos do high school americano em vários géneros, sobretudo no terror mas também no melodrama e na comédia. E em 1999, ano em que estrearam outros títulos como "Nunca Fui Beijada", "10 Coisas Que Odeio Em Ti", "Mistério Na Faculdade", "As Virgens Suicidas", "Mitos Urbanos" (e uma sequela de "Carrie" que ninguém tinha pedido), um filme recuperou um subgénero esquecido dos anos 80, a comédia sexual adolescente.
Falo, é claro, de "American Pie - A Primeira Vez", escrito por Adam Herz e realizado pelos irmãos Chris e Paul Weitz.




Jim Lavenstein (Jason Biggs), Kevin Myers (Thomas Ian Nicholas), Chris "Oz" Ostreicher (Chris Klein) e Paul Finch (Eddie Kay Thomas) são quatro amigos do estado de Michigan que fazem um juramento em perder a virgindade antes de terminarem o liceu, uma demanda que os levará por caminhos ora emotivos ora hilariantes. Além de encararem a perda da virgindade como um passo essencial rumo à idade adulta, os quatro amigos pretendem também acabar com as troças do fanfarrão Steven Stifler (Seann William Scott), que apregoa aos quatro ventos a sua experiência, e a quem eles e todos na escola toleram por causa das festas que costuma dar sempre que os pais costumam estar fora de casa. Para piorar, corre a notícia de que até o irritante Chuck Sherman (Chris Owen) já perdeu os três numa dessas festas. 



Aparentemente, Oz e Kevin são quem tem a tarefa mais facilitada: o primeiro é uma das estrelas da equipa de lacrosse e atenções femininas não lhe faltam enquanto o segundo tem um namoro de longa data com a bonita Vicky Lathum (Tara Reid). Mas as coisas não são assim tão simples: a pressão que Kevin e Vicky sentem para terem sexo leva-os a questionar seriamente a relação e, após uma desastrosa tentativa de engatar uma universitária, Oz conclui que precisa de ser mais sensível e de entender o sexo feminino, o que o leva a juntar-se ao coro da escola onde conhece a angelical Heather Gardner (Mena Suvari), interessando-se por ela. A rapariga até lhe corresponde mas conhece bem a reputação dele e como tal, recusa os seus avanços.   





Para Finch e Jim, as coisas são ainda mais complicadas. A aura intelectual e sofisticada de Finch não surte grande sucesso entre as raparigas e o rapaz acaba por pagar a Jessica (Natasha Lyonne), a melhor amiga de Vicky, para espalhar rumores sobre as suas proezas sexuais. A princípio o plano parece resultar, mas quando uma rapariga dá tampa a Stifler por estar de olho em Finch, Stifler vinga-se pondo laxante no café de Finch, fazendo-o passar por uma enorme humilhação escatológica. 




Como se não bastasse a sua falta de sucesso com as raparigas, Jim também tem de lidar com o seu compreensivo mas inconveniente pai Noah (Eugene Levy), que parece aparecer sempre nas piores ocasiões, incluindo na famosa cena em que o rapaz decide "explorar" uma apetitosa tarte de maçã. As coisas parecem melhorar quando Nadia (Shannon Elizabeth), uma bela estudante de intercâmbio da República Checa (ou será da Eslováquia?), parece interessar-se por Jim. Mas uma tentativa de sexo entre ambos, acidentalmente transmitida pela internet, que termina em dupla ejaculação precoce, deita tudo a perder. Por desespero, Jim acaba por convidar a aparentemente inocente flautista Michelle Flaherty (Alyson Hannigan) para o baile de finalistas. 

"This one time, at band camp..."

Jim, Kevin, Oz e Finch chegam ao baile de finalistas não só ainda virgens mas desolados. Mas quando, questionada por Vicky, a rapariga que alegadamente teria dormido com Sherman esclarece diante de toda a escola que isso era mentira, deixando-o humilhado (e molhado), as coisas acabam por correr inesperadamente pelo melhor durante a festa em casa de Stifler após o baile. Michelle revela-se sexualmente agressiva (e que não usa a sua flauta só para música) e o sexo entre ambos é altamente desastrado, mas Jim fica longe de se importar com isso. Kevin e Vicky, apesar de concluírem que é melhor iniciar uma nova etapa na universidade sem estarem presos um ao outro, têm uma última noite apaixonada. Oz revela a Heather que renunciou ao pacto de perder a virgindade porque se apaixonou mesmo por ela, mas os dois acabam por fazer amor junto ao lago. E Finch acaba nos braços da maduramente atraente mãe de Stifler (Jennifer Coolidge), para choque deste. 
Na manhã seguinte, no café do costume, os quatro amigos brindam ao próximo passo. 





Eu tenho um fraquinho por filmes com a temática do high school americano, até porque os liceus dos States servem muitas vezes como uma placa de Petri da sociedade americana e desde que o vi no cinema, "American Pie" é um dos meus preferidos do género. Gosto de como o filme não tem falsos puritanismos nem medo de pisar a linha do badalhoco - e ainda assim quase todos os gags terem realmente piada. E lembro-me de ter ido ver o filme pensando que ia ser uma comédia desempoeirada e desmiolada, e surpreendi-me pela forma como o argumento e a realização conseguiu conferir alguma sensibilidade sob este manto de piada adolescente-badalhoca e como, apesar de alguma excessiva caricatura, o espectador podia-se facilmente identificar com as personagens. (Apesar de nunca me ter envolvido com a mãe de um colega, identifiquei-me sobretudo com o Finch). 
"American Pie" foi um dos grandes êxitos de bilheteira de 1999 e deixou para a história da cultura pop vários bordões ("Say my name, b*tch!", "This one time, at bad camp...", "S*** me, beautiful!") bem como o enraizamento do termo MILF - referido no filme pelas personagens de John Cho e Justin Isfeld. O filme gerou três sequelas oficiais: "American Pie 2 - O Ano Seguinte" (2001), "American Pie - O Casamento" (2005) e "American Pie - A Reunião" (2012) bem como quatro sequelas spin-off produzidas directamente para o mercado de vídeo. Um quinto filme chegou a ser anunciado em 2012, mas a produção nunca mais arrancou. 

Reunião do elenco em 2019


Trailer:


Cena da tarte:




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...