quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Darkwing Duck - O Pato da Capa Preta [ 1991-92]


Como já mencionei várias vezes, as minhas séries favoritas da Disney sempre foram as de aventura, como “Duck Tales” e “Chip ‘n Dale Recue Rangers”, e este “Darkwing Duck” não foi excepção. 

Basta ver o genérico inicial para constatar que todo o visual e situações são paródias explicitas aos heróis pulp, principalmente o vigilante “The Shadow” ("O Sombra", que teve um filme fraquinho nos anos 90, além dos filmes da década de 1940), mas os agentes secretos e heróis como o Batman também são parodiados ao longo dos  91 episódios das três temporadas emitidas entre 1991 e 1992. Passou na RTP lá para meio dos anos 90, com o nome "O Pato da Capa Preta".


Genérico Inicial de "Darkwing Duck":



Originalmente, a série começou a ser desenvolvida como um spin-off - ou derivado - de  “Duck Tales”, protagonizada pelo piloto desastrado da mesma, Capitão Boing (Launchpad McQuack). No entanto, mais à frente durante a produção foi criado um novo protagonista - Drake Mallard, o alter-ego de Darkwing Duck, o obcecado e egotista super-herói que com recurso a grande entusiasmo e engenhocas combate o crime na cidade. No processo, o Capitão Boing foi relegado para piloto e ajudante do herói. 
Quando não andava mascarado a correr atrás de bandidos, Drake Mallard vivia nos subúrbios de St. Cannard ( que a Wikipedia indica como uma paródia da Gotham City do Batman) com a filha adoptiva Gosalyn Mallard (acho que tirando o Pateta, nenhum personagem principal da Disney tem filhos biológicos, porque isso implicaria...sexo cartoonistico. Dai o recurso habitual a sobrinhos para justificar a existência dos mais novos nas histórias), uma criança hiperactiva que auxilia o Darkwing Duck tanto em vários disfarces de heroína como à civil.

A frase de apresentação de Darkwing Duck aos bandidos era sempre "I am the terror that flaps in the night..." ("Eu sou o terror que voa na noite...") completada com uma metáfora improvisada e o "...I am Darwing Duck" ("Eu sou o Darkwing Duck"). O outro bordão é "Let's get dangerous".
Os vilões incluem por exemplo o "Nega Duck" (uma versão maligna do herói, com tácticas e uniforme semelhantes), ou Dr. Reginald Bushroot (capaz de controlar plantas), e uma lista comprida que inclui mutantes, extaterrestres, etc: Vilões. Felizmente Darwing Duck também pode contar com o auxílio de bastantes aliados e heróis.

A voz original de Darkwing Duck foi Jim Cummings (o Dr. Robotnick da série do "Sonic"; e uma das vozes do "Shredder" na série clássica das Tartarugas Ninja). Para o sideckick Capitão Boing, regressou o homem da voz original do personagem em “Duck Tales”, Terry McGovern, que entre outros trabalhos de voz e em carne e osso, foi a "voz de controlo" em "THX 1138" (1971) a primeira longa-metragem do jovem George Lucas, o criador da Guerra das Estrelas. Gosalyn teve a voz de Christine Cavanaugh (Chuckie dos "Rugrats", Dexter de "O Laboratório de Dexter"). Talvez por ser um caixa-de-óculos recordo-me melhor do "Honker" Muddlefoot, o melhor amigo de Gosalyn e muito inteligente para a idade. Honker teve a voz de Katie Leigh (a voz inglesa da Julieta do "Dartacão"), e claro do Robocop versão Disney que também transitou de “Duck Tales”: Gizmoduck (voz de Hamilton Camp), não um cyborg mas uma armadura usada por Fenton Crackshell para lutar contra o crime


Também faziam parte do elenco Morgana (Kath Soucie, a voz da Janine na série animada dos "Caça-Fantasmas" ou a soviética Linka do "Capitão Planeta") uma feiticeira, antiga vilã mas mais tarde namorada de Darkwing Duck; e o vilão Megavolt (Dan Castellaneta, o Homer Simpson himself).

Está previsto que em 2016 saia uma nova série de banda desenhada do personagem , bem como uma nova série animada programada para 2018. [via Nerdist] Consta que não será uma continuação, mas um reboot para começar tudo de novo.

Como sempre, o leitor pode partilhar experiências, corrigir informações, ou deixar sugestões aqui nos comentários, ou no Facebook da Enciclopédia: "Enciclopédia de Cromos"Visite também o Tumblr: "Enciclopédia de Cromos - Tumblr".

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...