terça-feira, 26 de agosto de 2014

Dartacão e os Três Moscãoteiros (1981)

por Paulo Neto

A haver uma série de desenhos animados que tenha marcado os anos 80, só pode ser "Dartacão e os Três Moscãoteiros". Foi provavelmente a primeira série televisiva que me lembro de acompanhar regularmente, o primeiro programa de televisão de que me tornei um fã absoluto. Daí que eu tenha pedido expressamente ao David Martins que o meu ícone aqui no blogue fosse o Dartacão.

A série foi concebida por Cláudio Biern Boyd (o senhor também responsável pelo igualmente mítico "Volta ao Mundo em 80 Dias com Willy Fogg") e foi uma produção hispano-japonesa, com 26 episódios produzidos em 1981. A série estreou em Portugal em 1983 e depressa cativou o imaginário de todos os portugueses.

A série é uma adaptação razoavelmente fiel da obra "Os Três Mosqueteiros" de Alexandre Dumas, mas tinha a particularidade de ser protagonizada por animais antropomórficos, na maioria cães, daí a alteração de alguns nomes para uma sonoridade mais canina. A ideia assim de repente não parecia ser a mais digna mas o certo é que cativou desde logo a miudagem um pouco por todo o mundo. Dartacão (voz de João Lourenço) é um jovem e impetuoso espadachim que ruma até Paris com o seu cavalo Rofty para se tornar um membro da guarda real do rei de França, os Moscãoteiros. Após vários contratempos, acaba por se tornar amigo de três bravos moscãoteiros, Mordos (voz de João Perry), Dogos (Manuel Cavaco) e Arãomis (António Montez), além de se perder de amores por Julieta (Isabel Ribas), uma aia da Rainha. Outros companheiro habituais são o metediço rato Pom (João Perry) e  leal Planchet (José Gomes).



 À medida que Dartacão vai adquirindo a destreza e a maturidade para ser um Moscãoteiro, ele e os seus amigos vão descobrindo os planos do pérfido Cardeal Richelião (António Montez) para usurpar o trono de França, que passam por expor uma ligação perigosa entre a Rainha Ana e o Duque de Buckingham,  uma intriga que vai testar como nunca as capacidades dos Moscãoteiros. Entre os aliados de Richelião estão o abrutalhado Widimer (José Gomes), o Conde de Rocãoforte (Manuel Cavaco) e a misteriosa Milady (Maria Emília Correia). 



Quando a série estreou na televisão, eu ainda somente tinha três anos pelo que a história passou-me ao lado mas os bonecos eram de tal forma apelativos e engraçados que não perdia um episódio. Além da série, o universo do Dartacão gerou um vasto merchandising que englobava uma inevitável colecção de cromos, bonecos de PVC, figuras monocromáticas, livros de colorir, discos e posteriormente edições em VHS e DVD. Mas para mim, nenhum produto foi mais marcante que os gelados Dá Cá que tinham como embalagem as cabeças das personagens do Dartacão. Como eu também sempre gostei de gelados, na altura eu achei que não podia haver ideia mais estratosférica do que essa, se bem que o gelado em si fosse de um banalíssimo sabor de baunilha e que em retrospectiva, existisse algo de tétrico em comer gelado através da cabeça do Dartacão ou do Dogos. Seja como for, lembro de fazer a colecção e de ter as cabeças dos quatro Moscãoteiros.

Igualmente incontornável é o tema da série composta pelos irmãos Guido e Maurizio De Angelis (autores de temas de séries animadas como "Marco Polo" e "Bobobobs" e filmadas como "Orzowei" e "Cinderella 80") e que nunca mais ninguém esqueceu.

Era uma vez os três, os famosos Moscãoteiros
Do pequeno Dartacão tão bons companheiros
Os melhores amigos são os três Moscãoteiros
Quando em aventuras vão, são sempre os primeiros

Quando eles vão combater, já não há rival algum
O seu lema é um por todos e todos por um
O amor da Julieta é o Dartacão
E ela é a predilecta do seu coração

(Dartacan, Dartacan*) Correndo grandes perigos   
(Dartacan, Dartacan) Perseguem os bandidos
(Dartacan, Dartacan) E os três Moscãoteiros longe vão chegar
(Dartacan, Dartacan) És tu e os três amigos
(Dartacan, Dartacan)Em jogos divertidos
(Dartacan, Dartacan)Vocês são Moscãoteiros a lutar!

(*Sim, porque mesmo na versão portuguesa, por razões misteriosas, mantiveram os coros espanhóis a entoar "Dartacan, Dartacan")

A série tem sido reposta várias vezes, não só na RTP mas também na TVI, no Canal Panda e no Disney Channel, continuando assim a encantar novas gerações. Em 1989, foi produzida uma segunda série, "O Regresso de Dartacão" onde Dartacão, agora casado com Julieta e pai de dois filhos e a viver uma calma vida na província, volta a ser chamado pelos Moscãoteiros para novas aventuras.

Genérico:


Actualização:


Foi anunciado um filme a partir das séries originais "Dartacão e os Três Moscãoteiros", cuja produção de cerca de 8 milhões de dólares deverá terminar em 2016. Pela imagem que acompanha a notícia, deverá ser uma película animada por computador. Mais detalhes: Annecy: BRB, Mili Unsheath ‘Dogtanian’.



Como sempre, o leitor pode partilhar experiências, corrigir informações, ou deixar sugestões aqui nos comentários, ou no Facebook da Enciclopédia: "Enciclopédia de Cromos"Visite também o Tumblr: "Enciclopédia de Cromos - Tumblr".
  

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

2 comentários:

  1. Gostava tanto, mas tanto! Acho que ainda gosto. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Muito bem!
      Eu revi há poucos meses o filme que recompila a segunda série, e ainda se vê bastante bem :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...