sábado, 15 de novembro de 2014

Vitaminas (1991-92)

por Paulo Neto

Como se pôde verificar neste texto do David, uma manhã de sábado de televisão em 1991 significava uma extensa e diversificada oferta de desenhos animados que iam desde clássicos de animação leste-europeia, séries britânicas em stop motion, clássicos da Hanna Barbera e êxitos da altura como "G.I. Joe", o "Inspector Gadget" e as "Tartarugas Ninja". E por entre essa parada, deparei-me com um programa que se destacava para mim na altura. Trata-se sem dúvida de um dos programas mais deliciosamente bizarros e psicadélicos da produção infantil nacional. O seu nome: Vitaminas.



    

Tratava-se de um programa multifacetado que nos transportava para um universo psicadélico (ou como o David Martins aptamente define, "futurístico-embaraçoso") criado por António Avelar Pinho, Pedro Freitas Branco e António Cordeiro e realizado por Henrique de Oliveira. A apresentação esteve a cargo de uma ainda pouco conhecida Sofia Sá da Bandeira e Carlos Vidal, naquele que será o seu mais reconhecido trabalho fora do seu avatar Avô Cantigas. Os dois surgiam vestidos como duas personagens de banda desenhada. O programa era produzido pela produtora Miragem, conhecida sobretudo pela mítica série "Claxon". Ao todo foram produzidos 39 programas, exibidos na RTP entre 1991 e 1992 aos sábados de manhã.



As várias rubricas do programa eram as seguintes:

"Saber ou não saber, elas aqui estão": Esta rubrica era um concurso de cultura geral. Em cada programa havia duas séries com quatro pequenos participantes que iam respondendo às perguntas colocadas pelos apresentadores. Os concorrentes vencedores de cada uma das séries apurava-se para uma ronda final onde ganhavam uma magnífico prémio...(e daí talvez não). 
"Espaço Zoo - No tempo em que os animais falavam": Em cada semana, os apresentadores entrevistavam uma conhecida personalidade do mundo animal como foi o caso da lagosta pianista Carmen Zita Cruz Táceo, a santola Sofia Lola, o gafanhoto ciclista Francisco "Chico" Lista, a girafa Gigi Raffa, a raposa tenista Marta Raquette, a cegonha japonesa Yoko Naxituro, o pinguim Samuel Iceberg, o tigre Sandokan da Silva ou o caracol Nicos Touaosolapoulos. As personagens eram alternadamente interpretadas pelos actores Júlio Martín e Custódia Gallego.
"Zoo Disco": o momento musical onde Carlos Vidal cantava uma canção sobre a personagem entrevistada no "Espaço Zoo" nessa semana. As músicas eram do próprio Carlos Vidal e as letras de António Avelar Pinho e Pedro Freitas Branco. Algumas das canções foram mais tarde editadas em disco.


Carlos Vidal viria a integrar algumas dessas canções nos seus espectáculos como Avô Cantigas. Existem duas que se tornaram uns semi-hits. Alguém se lembra destes refrões?
"Samuel Iceberg, Samuel Iceberg, é um grande pinguim violinista, Samuel Iceberg, Samuel Iceberg, é modesto mas é grande concertista?"
"O gafanhoto Chico Lista não gosta nada de voar, prefere ser como dever ser um bom ciclista e passar o dia a pedalar."
"Patati Patata": Como se já não houvesse bizarria suficiente, nos episódios mais posteriores do programa, Carlos Vidal e Sofia Sá da Bandeira protagonizavam também uns sketches ainda mais bizarros e abstractos assumindo as duas personagens do título.
"Félix Fracasso": A interromper inadvertidamente o programa estava Félix Fracasso que aproveitava essas intromissões para apresentar um sketch humorístico sem palavras. Numa fase inicial, Carlos e Sofia mostravam-se indignados com as interrupções de Félix Fracasso e pelas constantes trocas do suposto prémio do vencedor do jogo das perguntas por uma T-shirt com a sua ilustração (se bem que os pequenos vencedores exprimissem a sua algeria por tal prémio) mas com o tempo, não só passaram a acolhê-lo no programa como também se tornaram fãs dele. A personagem Félix Fracasso era interpretada por António Cordeiro. Sim, o mesmo actor que nesse ano ficara imortalizado como o soturno detective Claxon desempenhava aqui uma personagem tresloucada de cabelo vermelho!


Tratava-se sem dúvida de um programa à frente do seu tempo, equilibrando uma vertente didática e outra de humor nonsense. Por isso, não é de estranhar que se tenha destacado para mim, e certamente para outros, por entre a programação infantil do inícios dos anos 90.

"Vitaminas" na Retroescavadora da RTP Memória:
http://www.rtp.pt/rtpmemoria/retroescavadora/vitaminas_350





      

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...