quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Que Família!/Full House (1987-1995)

por Paulo Neto

Nos anos 80, o cinema e a televisão arranjou terreno fértil para momentos de humor na redefinição do papel dos géneros na sociedade, nomeadamente no caso de homens que passavam a ser donos de casa. Por exemplo na série "Chefe...Mas Pouco", que já abordámos aqui. No cinema, o caso mais célebre foi "Três Homens e um Bebé". Mas entre 1987 e 1995, uma série levou a situação de homens a fazerem a lida da casa e tomarem conta de crianças a um novo nível.
A série teve o título em português de "Que Família!" mas é igualmente conhecida pelo título original "Full House". Estreou na RTP no início dos anos 90, e recordo-me sobretudo de ser exibida aos Domingos à tarde.

    

A série narrava as aventuras de três homens adultos a educarem três meninas. Vendo-se de repente, viúvo e com três filhas para criar (uma delas recém-nascida), o jornalista desportivo Danny Tanner (Bob Saget) recorre ao seu cunhado Jesse Katsoupolis (John Stamos), um aspirante a estrela de rock e ao seu melhor amigo Joey Gladstone (Dave Coulier), um cartoonista comediante de stand-up, para o ajudar a tomar conta das três filhas: Donna Jo "D.J." (Candace Cameron), Stephanie (Jodie Sweetin) e Michelle (Mary Kate e Ashley Olsen). Os seis vivem todos juntos numa casa em São Francisco e grande parte do humor da série vinha das atrapalhações dos três homens ao lidar com as meninas como, por exemplo, mudar as fraldas de Michelle, tratar da varicela de Stephanie ou ter conversar com D.J. sobre "aquela altura do mês".




Danny é fanático de limpeza e normalmente é ele que tem de ser o mais autoritário com as filhas, o que faz com que estas achem mais piada aos pais alternativos Jesse e Joey. É especialmente protector com Michelle e tende-lhe dar mais mimo e atenção do que tinha dado às outras duas filhas. Mais tarde passa a ser apresentador de um talk show matinal. 
Jesse não tinha nenhuma experiência em cuidar de crianças mas assim que passa a viver com o cunhado e as sobrinhas, foi gradualmente aprendendo, a bem ou a mal. Tem o sonho de um dia a sua banda fique famosa e passa a maioria da série a tentar encontrar um rumo para a sua vida. No final da série, já tem a sua própria família, onde faz valer a experiência adquirida com as sobrinhas. É particularmente obcecado com o seu cabelo. 
Joey é adorado pelas meninas Tanner pois tem um lado infantil muito vivo devido à sua paixão por cartoons e pelas piadas que gosta de fazer, mas quando é preciso sabe dar-lhes bons conselhos.
Com 10 anos no início, a série acompanha D.J. na entrada da adolescência, cujos problemas causam embaraço aos seus três "pais". Embora seja frequente andar às turras com as irmãs, preocupa-se muito com elas, ao ponto de querer ser uma figura materna para elas.
Stephanie, a filha do meio, é a mais espevitada e intrometidas das três. Gosta muito de espiar D.J. e de pregar partidas aos três "papás". À medida que vai crescendo, vai adquirindo mais maturidade e passando por situações adversas. "How rude!" é a sua frase de marca.
À medida que Michelle foi crescendo, foi tendo cada vez mais destaque na série, devido à popularidade das gémeas Olsen. Apesar de ser sobreprotegida por Danny e particularmente próxima de Jesse, não é uma criança mimada, revelando-se extrovertida e comunicativa.



Duas personagens femininas também viriam adquirir protagonismo na série: Becky Donaldson (Lori Loughlin), a parceira de Danny no talk show e Kimmy Gibbler (Andrea Barber), a melhor amiga de D.J. Becky é uma moça certinha que, num caso de extremos opostos, apaixona-se por Jesse. Becky e Jesse acabam por casar e ter dois filhos gémeos. Com a convivência com os Tanners, também ela torna-se uma referência importante na educação de D.J., Stephanie e Michelle.
Kimmy é coscuvilheira, compradora compulsiva e não muito abençoada pela inteligência, o que faz com que a maioria dos Tanners (sobretudo Jesse e Stephanie) não a suporte, mas D.J. não se importa com isso e mantém com ela uma amizade duradoira.
Destaque ainda para Steve Hale (Scott Weinger), o mais regular dos namorados de D.J. ao longo da série.

A principal razão pela qual duas gémeas foram usadas para o mesmo papel vem das leis do trabalho infantil do estado da Califórnia que limita o número de horas em que uma criança pode trabalhar, nomeadamente na área da representação. Por isso, é costume em Hollywood utilizar-se gémeos para os papéis de bebés no cinema e na televisão: excedendo o tempo previsto na lei com um dos gémeos, pode-se continuar a filmar com o outro. Foi o que se sucedeu com Ashley e Mary Kate Olsen, que tinham apenas nove meses quando começaram a filmar na série. Por vezes, as duas apareciam em cena ao mesmo tempo como num episódio onde Jesse tem uma alucinação em que vê duas Michelles. (Já agora, refira-se que apesar de serem muito parecidas, Mary Kate e Ashley Olsen não são gémeas idênticas.)


Actualmente todo o elenco de "Que Família" continua activo na televisão. Por exemplo, Bob Saget apresenta há largos anos a versão americana do "Isto Só Vídeo" e faz a voz off de "Foi Assim Que Aconteceu" e John Stamos brilhou em "Serviço de Urgência" e "Glee" (e o seu cabelo também!). E claro está, a ascensão das gémeas Olsen de prodígios infantis (além da série, fizeram vários telefilmes, alguns deles produzidos por elas mesmas!) a ícones fashion é sobejamente documentada.
Os actores têm feito questão de afirmar que se sentiam como que formando uma verdadeira família nas filmagens e ainda hoje mantêm boas relações de amizade. E por exemplo, foi Dave Coulier que apresentou Candace Cameron ao seu actual marido, o jogador de hóquei no gelo russo Valery Bure.




  

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

2 comentários:

  1. qual o nome verdadeiro do nick e do alex ?
    (os filhos de jesse e becky)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Os gémeos Nick e Alex foram desempenhados por Blake e Dylan Tuomy-Wilhoit.
      (No inicio, quando eram bébés pequenos foram desempenhados por Daniel e Kevin Renteria.) Segundo o que apurei, os jovens Blake e Dylan deixaram de actuar depois do final da série.
      Cumprimentos!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...