sábado, 9 de maio de 2015

Por que gostamos tanto dos anos 80? - Artigo do Observador

 Por que gostamos tanto dos anos 80? David Martins, da Enciclopédia de Cromos, foi entrevistado para este artigo do Observador.

Recentemente fui entrevistado por Tiago Tavares para um artigo sob o tema "Por que gostamos tanto dos anos 80?" destinado ao jornal online Observador. Não foi a minha primeira entrevista - momento humilde - mas foi muito recompensador ver o meu nome e palavras na mesma página do inspirador da Enciclopédia, Nuno Markl e de outros colegas do ramo da nostalgia online, o Hugo Silva do Ainda Sou do Tempo,  os responsáveis dos veteranos Mistério Juvenil ou Brinca Brincando.
Se querem saber os motivos por detrás da criação da Enciclopédia de Cromos e o que acho importante no panorama da tv e música nacional dos anos 80, é só encaminharem-se ao especial:

"Por que gostamos tanto dos anos 80?" | Tiago Tavares | Observador


Comentem, queremos saber a vossa opinião!

Como sempre, o leitor pode partilhar experiências, corrigir informações, ou deixar sugestões aqui nos comentários, ou no Facebook da Enciclopédia: "Enciclopédia de Cromos"Visite também o Tumblr: "Enciclopédia de Cromos - Tumblr".

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

2 comentários:

  1. Acabei de ver o artigo. É um artigo muito interessante, que fala da época dourada que foi os anos 80 em Portugal. Apesar de não ter vivido nesse tempo, pois tenho 22 anos, nasci em 1993, sinto também um enorme fascínio pelos anos 80, e pelos anos anteriores, época em que a cultura nacional e internacional era formidável, comparado com os avanços do tempo, que na sua maioria estragaram essa magia. Era a época em que o Natal dos Hospitais, o Festival da Canção, as sessões de filmes, as séries filmadas excelentes da altura, e os desenhos animados da época, eram motivo para fazer para toda a Nação ou uma grande esmagadora parte dela. Foi sem dúvida uma época dourada para a TV, para a música e para o cinema.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo perfeitamente :) Nasci em 79, portanto só já tenho memórias dos 80s; mas sempre tive curiosidade pelas duas décadas anteriores, uma espécie de nostalgia de tempos que não vivi

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...