domingo, 4 de março de 2012

Força Astral (1979-84)


"Força Astral" em Portugal (e "Patrulha Estelar" no Brasil ) a tradução nacional do anime scifi "Star Blazers".
No nosso país foi exibida no inicio dos anos 90 [na RTP2 ás quintas-feiras, no horário do meio dia, a partir de 20 de Setembro de 1990 e até 3 de Outubro de 1991, tempo suficiente para exibir as 2 primeiras temporadas], mas a versão americana e não a série japonesa original de 1974 [com o nome "Space Battleship Yamato" (宇宙戦艦ヤマト, Uchū Senkan Yamato]. "Star Blazers", a versão dos EUA incluia cortes para censurar violência, abuso de álcool, linguagem ofensiva, eliminar referências sexuais, além de que as personagens tiveram os seus nomes ocidentalizados. No entanto ainda é considerada uma das séries mais adultas a ser exibida na altura, ao incluir cenas de tragédia pessoal, funerais, ameaças constantes sobre toda a Humanidade, e diversas caracteristicas tipicas das filosofias e estilos japoneses.

Criada e realizada originalmente por Leiji Matsumoto, a versão EUA foi dirigida por Billy West. Total de 137 episódios, dividida em 3 temporadas conhecidas como "The Quest for Iscandar", "The Comet Empire" (exibidas entre 1979 e 1980 nos EUA) e "The Bolar Wars" lançada mais tarde e com menos sucesso que as antecessoras. 


Capitão Avatar (Capitão Juzo Okita )
Desslock (Desler)
Derek Wildstar (Susumu Kodai)
Nova (Yuki)
Rainha Starsha
Na primeira temporada, somos apresentados ao universo futurista de 2019. A Terra foi atacada pelos  Gamilons, uma raça extraterrestre muito avançada, liderada por Lorde Desslock. A superfice do planeta está inabitável e os sobreviventes escondem-se em abrigos subterrâneos, que estão prestes a ser invadidos pela radioactividade. Mas uma misteriosa sonda espacial envidada pela Rainha  Starsha, do longinquo planeta  Iscandar trás boas noticias: planos para construir um motor mais rápido que a luz e revelação de um aparelho que pode eliminar a radiação que polui a Terra.

Os terrestres convertem o velho navio Yamato numa nave espacial - o Argo - capaz de fazer a viagem de uma ano até Iscandar para recuperar o aparelho e voltar para salvar a Terra dos Gamilons. A bordo da nave comandada pelo Capitão Avatar viaja uma tripulação destemida.  Derek Wildstar o líder de combate do Argo, um jovem impulsivo que tem um romance com  Nova, uma bonita e forte mulher. Juntos ao resto da trtipulação tem que enfrentar muitos perigos ao longo da viagem, fazendo sacrificios pelo bem da Humanidade.


Na segunda temporada o inimigo é o Império Cometa, uma civilização proveniente da Galáxia de Andrómeda, liderada pelo Principe Zordar, que quer conquistar a Terra.
Na temporada final (para os espectadores ocidentais, porque no Japão existiram diversos filmes que expandiram e exploraram outras linhas narrativas), durante um confronto entre as forças Galman e da Federação Bolar o nosso sol é atingido por um missil que acelera a fusão nuclear. Os habitantes da Terra têm que procurar um novo planeta ou um meio de impedir a explosão do Sol.


"Star Blazers" foi adaptado nos anos 80 e 90 a banda desenhada, e actualmente estão disponíveis na Internet novas aventuras na forma de webcomic (http://www.starblazers.com/comicshome.php).
Além dos filmes japoneses, (e de uma sequela que devido a diversos problemas só teve 3 episódios realizados) foi intenção da Disney criar uma versão em imagem real durante a década de 1990. O projecto, pouco fiel ao original, aparentemente foi engavetado, mas em 2006 surgiram novos rumores da preparação de uma nova versão, made in Japan, que se materializou finalmente no final de 2010, com a estreia de "Space Battleship Yamato" [leia  a minha crítica no Scifi World ].
Existem vários jogos para diferentes consolas, mas nunca foram lançados fora do Japão. 
A principal arma do Argo é Wave Motion Gun, um poderoso disparo de energia feito por um canhão incorporado na proa.

Uma das músicas televisivas preferidas da minha infância, foi sem dúvida o tema do dinâmico genérico de Star Blazers. As letras da versão em inglês são da autoria de Ginny Redington. Além deste tema, a restante banda sonora composta por Hiroshi Miyagawa é bem interessante!

Star Blazers - Genérico:


Star Blazers - Comet Empire

Comparação com a canção original de "Space Battleship Yamato", cantado por Isao Sasaki e letra de Yuu Aku:




Em versão instrumental:




Na versão live action de "Space Battleship Yamato" (2010), a primeira faixa da banda sonora [SPACE BATTLESHIP ヤマト Opening Title] de Naoki Sato recupera o mítico tema:



Para saber mais: www.starblazers.com/

Como sempre, o leitor pode partilhar experiências, corrigir informações, ou deixar sugestões aqui nos comentários, ou no Facebook da Enciclopédia: "Enciclopédia de Cromos". Visite também o Tumblr: "Enciclopédia de Cromos - Tumblr".

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...