quinta-feira, 9 de julho de 2020

A Pequena Maravilha (1985-89)

por Paulo Neto

O nosso seguidor do Facebook Rui Faria recentemente postou na nossa página um vídeo sobre esta série, que por acaso é uma que já há algum tempo tínhamos intenção de abordar aqui. Trata-se da série americana "Small Wonder", cujo título em Portugal foi um literal "A Pequena Maravilha" (no Brasil, "A Super Vicki"). A série teve quatro temporadas, exibidas nos Estados Unidos entre 1985 e 1989. Não estou certo se a série passou em Portugal na sua totalidade, mas estou em crer que pelo menos as duas primeiras temporadas passaram na RTP1 aos domingos de manhã no espaço "Juventude e Família".



A série falava sobre um robô com a forma humana de uma menina de dez anos e a sua integração tanto no seio da família do homem que a construiu como no mundo dos humanos. Ted Lawson (Dick Christie) é um engenheiro de robótica que secretamente decide com a aparência de uma criança a quem chama de Vicki (Tiffany Brissette), com o intuito de servir de apoio a crianças portadores de deficiência. Para que a sua criação se desenvolva no meio dos humanos, Ted leva Vicky para conviver com a sua família: a sua esposa Joan (Marla Pennington) e o seu filho Jamie (Jerry Supiran), que tem a mesma idade aparente de Vicki.
Usando quase sempre um vestido vermelho com um avental branco, Vicky tem vários poderes como velocidade e força super-humanas, fala com uma voz robótica, costuma repetir quase tudo o que lhe dizem e interpreta de forma literal as ordens que lhe dão. Tem ainda um painel de circuitos nas costas que Ted abre quando é preciso consertar algo nela. Grande parte do humor da série residia portanto na forma como Vicki se tentava encaixar por entre os humanos, e apesar da sua voz e de às vezes mostrar as suas capacidade sobrenaturais, raramente os outros humanos fora da família Lawson suspeitam dela e apenas uns poucos amigos de confiança ficam a saber a sua identidade.   



Para o exterior o Lawson apresentam Vicki como uma prima afastada que adoptaram e só uns poucos amigos de confiança sabem da sua verdadeira identidade. Joan rapidamente encara Vicki como um ser humano a sério e torna-se bastante protectora dela, como se fosse sua filha. No início da série, é apenas de dona de casa mas a partir da segunda temporada, passa a trabalhar como professora na escola do filho. Joan tinha o bordão "That makes sense..." que dizia quando não percebia o que lhe diziam, nomeadamente os discursos tecnológicos do marido. Já Jamie costuma fazer planos para utilizar os poderes de Vicki a seu favor, para se safar de problemas com os pais ou para ganhar dinheiro fácil, mas quase sempre os seus planos saem furados. Mas apesar disso, Jamie também se afeiçoa rapidamente a Vicki e a vê como uma irmã. 



As coisas costumavam-se complicar quando os Brindle, os vizinhos dos Lawson, são autênticos coscuvilheiros e costumam aparecer nas situações mais inconvenientes. A filha Harriet (Emily Schulman) está sempre a rondar a casa porque gosta de Jamie e quer saber de tudo o que se passa na vida dele para o tenta conquistar, por muito que o rapaz lhe diga que não a suporta e de vez em quando tenta fazer-se amiga de Vicki. A mãe Bonnie (Edie McClurg), do alto da sua presunção, gosta de mandar bocas a Joan de como é mais elegante e refinada que ela e quando é confrontada com a sua coscuvilhice, ela costuma negar dizendo "oh no-no-no-no-no!" e o pai Brandon (William Bogert) é colega de trabalho de Ted e está sempre atento às ideias de Ted, a ver se as consegue roubar. 

Como a actriz Tiffany Brissette entrou na puberdade e era notório o seu crescimento ao longo da série (fez o papel dos 9 aos 13 anos), tal foi justificado na trama como Vicki ter recebido upgrades. Nas duas últimas temporadas, Brissette também interpretou o papel de Vanessa, uma versão maligna de Vicki (qual KARR para o KITT). 

"A Pequena Maravilha" foi transmitida em vários países além de Portugal e chegou a ter uma adaptação na Índia. Emily Schulman ganhou dos Young Artist Awards pelo seu papel de Harriet.

Depois de vários papéis no cinema e na televisão enquanto actriz infantil, Tiffany Brissette deixou a representação em 1991. Em 2009, Brissette estava a viver no estado do Colorado, onde trabalhava como enfermeira. 

Tiffany Brissette na actualidade 


Todos os genéricos da série: 



1.º episódio



Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...