sábado, 11 de junho de 2016

Wacky Races (1968-70)

por Paulo Neto

Apesar desta série ser originalmente dos anos 60, faz parte do imaginário de todos aqueles que foram crianças nos anos 80 pois a partir de 1985, a RTP passava-a frequentemente, quer nos habituais espaços dedicados à animação, quer como tapa-buracos na programação. E era uma série tão divertida e com bonecos tão carismáticos que era o tipo de desenhos animados que conseguia atrair miúdos e graúdos e lembro-me que os meus pais gostavam tanto de ver como eu.




Criada pelos estúdios Hanna-Barbera, "Wacky Races" era inspirada pelo filme de 1965 "A Louca Corrida À Volta Do Mundo". Em Portugal, teve o título de "A Corrida Mais Louca Do Mundo" na versão legendada e "A Mais Louca Corrida Do Mundo" na versão dobrada. Na série, um grupo de personagens distribuídas por 11 carros competem pela América pelo título do "corredor mais louco do mundo" em corridas onde tudo é permitido. Por incrível que pareça, tal a quantidade de vezes que era exibida na televisão, a série teve apenas 17 episódios com duas corridas cada, num total de 34.



Estes eram os competidores:



Carro n.º 1: Boulder Mobile / Pedramóvil, um carro feito de pedra, conduzido pelos irmãos Slag/Rocha e Calhau Moca, dois homens da caverna, que fazem mover o veículo à custa de darem com mocas na cabeça um do outro. Se o carro ficasse destruídos, eles usavam as mocas para construir um novo carro com qualquer rocha que achassem. Foi o carro que ficou mais vezes no pódio: 3 vitórias, 8 segundos lugares e 3 terceiros lugares. O visual dos irmãos Moca foi depois aproveitado para a personagem-título da série "Capitan Caveman".



Carro n.º 2: Creepy Coupe/Coupé Assombrado, era conduzido pelo Gruesome Twosome/Duo Fantasma, composto por uma criatura tipo Frankenstein e um vampiro de cara púrpura. A viatura era uma espécie de mansão assombrada ambulante e nela surgiam de repente várias criaturas: bruxas, cobras e um dragão que era praticamente o terceiro elemento da equipa e era quem fazia o carro voar. O Creepy Coupe venceu 3 vezes, ficou outras três em segundo e seis vezes em terceiro.



Carro n.º 3:  Convert-A-Car/Transforma-Car, conduzido pelo Professor Pat Pendig/Professor Patente, um cientista tresloucado mas cheio de humor. O carro transformava-se em avião, barco ou o quer quer fosse preciso em qualquer situação e por isso era o meu preferido. Normalmente era o Professor quem livrava todos os carros das armadilhas de Dick Dastardly. Venceu três vezes, ficou duas vezes em segundo e cinco em terceiro.



Carro n.º 4: Crimson Haybaler/ Lata Escarlate, um híbrido de carro e avião conduzido por Red Max/Max Vermelho, um ás da aviação. Porém, o carro tem apenas a capacidade de fazer pequenos voos, normalmente para ultrapassar os outros competidores ou saltar obstáculos. O carro também é munido de uma metralhadora que é usada ocasionalmente, geralmente para disparar pimenta. A Lata Escarlate venceu 3 vezes, ficou quatro vezes em segundo lugar e três em terceiro.



Carro n.º 5: Compact Pussycat/Gato Compacto, era a viatura da deslumbrante Penélope Pitstop, a única competidora feminina. O carro era basicamente um salão de beleza ambulante, cheio de máquinas que ajudavam a retocar a maquilhagem para que Penélope se mantivesse sempre no auge da sua beleza. Os outros corredores por cavalheirismo costumam ajudá-la. Penélope venceu 4 vezes, e ficou duas vezes em segundo e cinco em terceiro. O sucesso da personagem levou a que ela tivesse a sua própria série spin-off: "The Perils Of Penelope Pistop".



Carro n.º 6: Army Surplus Special/Carro de Assalto Alto, um híbrido de jipe e tanque militar, conduzido pelo Soldado Meekly e o Sargento Bombarda. O canhão do tanque é usado para dar mais propulsão ao veículo. Ganhou três vezes e ficou uma vez segundo.



Carro n.º 7: Bulletproof Bomb/Bomba À Prova de Bala, uma limusina conduzida pela Ant Hill Mob/ Quadrilha Maravilha, uma simpática quadrilha de sete anões gangsters, liderados por Clyde. Quando era preciso acelerar, a técnica principal da quadrilha era porem todos os pés no chão e correrem dentro do carro, como nos Flintstones. A Quadrilha Maravilha também apareceu em "The Peril of Penelope Pitstop" e venceu quatro vezes, ficando 5 vezes em segundo e duas em terceiro.



Carro n.º 8: Arkansas Chugbugg/Carroça Alentejana, uma geringonça de madeira conduzida pelo campónio Lazy Luke/Lucas e o seu companheiro urso Blubber Bear/Urso Piúrso. Lucas é tão preguiçoso que consegue conduzir apenas com um pé no volante. Este carro venceu quatro vezes, ficou em segundo lugar um vez e quatro vezes em terceiro.    



Carro n.º 9: Turbo Terrific/Turbo Terrível, conduzido por Pete Perfect/Pedro Perfeito. Apesar de parecer uma grande máquina, na verdade era uma viatura bastante frágil que se desmantelava por muito pouco. Mesmo assim, ganhou 4 corridas, ficou duas vezes em segunda e outras duas em terceiro. Pete Perfect também é notório por ter uma paixoneta por Penélope Pitstop.



Carro n.º 10: Buzzwagon/Põe-Ta-Pau, conduzido pelo portentoso Rufus Ruffcut/Rufus Lenhador, acompanhado pelo seu companheiro, o castor Sawtooth/Serra Dentuças. O carro é todo feito de lenha e tem serras como rodas que cortam tudo o que encontram pelo caminho. Ganhou três vezes, ficou seis vezes em segundo lugar e quatro em terceiro.




Carro n.º 00: The Mean Machine/Máquina Malvada, conduzida por aqueles que são os vilões, mas também as estrelas da série: o pérfido Dick Dastardly/Dick Detestável e o cão Muttley (com o seu inesquecível riso). A cada corrida Dastardly recorre sempre a meios sujos para ganhar e/ou livrar-se dos outros competidores, mas os seus planos saem sempre furados e muitas vezes nem terminava as corridas. Só cruzou a linha de meta cinco vezes e nunca conseguiu melhor que um quarto lugar. Embora obedeça fielmente a todas as ordens do seu dono, Muttley por vezes também regozija-se dos azares de Dastardly.

A popularidade das duas personagens levou a uma série spin-off: "Dastardly & Muttley and The Flying Machines" ou "Os Malucos das Máquinas Voadoras". A personagem Mumbly, um cão detective, que teve uma série com o seu nome, tem bastantes semelhanças com o Muttley.

Em Portugal, a série foi inicialmente exibida na versão legendada, mas uma versão dobrada surgiu nos anos 90, com as vozes de Carlos Freixo, Paulo B., António Montez, Rui Paulo e Paula Fonseca. E foi essa versão que foi editada em DVD. A série também já foi adaptada para diversos jogos de vídeo. Existe também um festival em Inglaterra onde são apresentadas réplicas em tamanho real dos carros da série.




Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...