segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Clueless (1995)

por Paulo Neto

O recente sucesso do tema "Fancy", interpretado pela rapper australiana Iggy Azalea e pela britânica Charli XCX, certamente deveu-se em boa parte ao seu videoclip que reproduzia diversas cenas e estilos do filme "Clueless", confirmando o estatuto de culto desta comédia juvenil de 1995.




"Clueless" (prefiro não utilizar o título português "As Meninas de Beverly Hills") foi realizado por Amy Heckerling, que famosamente também dirigiu "Olha Quem Fala", e protagonizado pela loiríssima Alicia Silverstone, que tinha-se notabilizado nos anos anteriores como a estrela de três videoclips dos Aerosmith: "Cryin'", "Amazing" e "Crazy".


O filme é uma adaptação moderna mas relativamente fiel da obra "Emma" de Jane Austen. Cher Horowitz (Silverstone) é uma jovem que frequenta um liceu de Beverly Hills tão estiloso que faz o liceu da série "90210" parecer suburbano. Ao ter conseguido fazer um arranjinho entre dois professores que acabaram por se casar, Cher acredita que tem inato talento para casamenteira e empenha-se em arranjar o par ideal aos seus colegas. Orfã de mãe, que morreu durante uma cirurgia plástica, Cher é filha de um importante advogado (Dan Hedaya) e a sua melhor amiga é Dionne (Stacey Dash), igualmente popular e cheia de estilo que namora com Murray (Donald Faison). Ela tem também uma rival em Amber (Elisa Donovan), que tenta sempre ultrapassá-la (em vão) nos rankings de popularidade e estilo. 


Quando Tai (Brittany Murphy), uma nova rapariga chega à escola, Cher e Dionne acolhem-na sobre a sua alçada, dando-lhe uma makeover e iniciando-a nos códigos de popularidade da sua escola. Além disso, Cher tenta juntar Tai com Elton (Jeremy Sisto), apesar de ela parecer mais interessada no skater Travis (Breckin Meyer). Cher decide também investir num arranjinho para si própria quando conhece Christian (Justin Walker). Porém ambos os planos saem furados e após uma série de situações infelizes, Cher vê o seu mundo perfeito e super-fashion todo virado do avesso. O que a leva a repensar a sua vida e a inesperadas descobertas, como a de estar apaixonada por Josh (Paul Rudd), o seu ex-meio-irmão, com quem vive em constante e divertida picardia verbal.  
         

No todo "Clueless" é um filme que entretém bastante, sobretudo devido à competência do elenco e à visão sarcástica do universo glamouroso de Beverly Hills. Alicia Silverstone tem um desempenho bastante interessante, revelando subtilmente a subtil esperteza e profundidade de uma personagem aparentemente superficial, vaidosa e mimada e Paul Rudd é igualmente interessante como o outro pólo oposto da atracção. 

O contexto em que vi o filme foi algo invulgar pois foi para a cadeira de Cultura Norte-Americana, no 3.º ano do meu curso de Estudos Franceses e Ingleses. Para o primeiro semestre, tivemos que fazer um trabalho sobre o universo dos liceus americano, tendo como base cinco filmes de high school visionados nas aulas. Além de Clueless, os outros filmes foram "Carrie", "10 Coisas Que Odeio Em Ti", "Eleições" e "Nunca Fui Beijada". 

Em 1996, "Clueless" deu também origem a uma série de televisão que passou nos primórdios da SIC Radical, com Rachel Blanchard no papel de Cher e com Stacey Dash, Donald Faison e Elisa Donovan a recuperarem os seus respectivos papéis. Também foi editada uma série de livros com as personagens do filme e da série.   

Trailer:



Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

1 comentário:

  1. Nunca vi o filme ou a série. Mas, bato palmas ao professor que incluiu a "Carrie" no programa do curso :) Awesome!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...