segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

O Justiceiro (1982-1986)

Knight Rider / O Justiceiro (1982-1986)


Uma das mais míticas séries que já passaram pelas televisões portuguesas: ‘O Justiceiro’ (‘Super-Máquina’ no Brasil, 'Knight Rider' no original) fez recentemente 30 anos desde a sua primeira emissão nos EUA, a 26 de Setembro de 1982, no canal NBC. Michael Knight (David Hasselhoff ), um homem numa guerra contra o crime e a injustiça, com a ajuda de uma pequena equipa e do seu fantástico carro K.I.T.T. (acrónimo de Knight Industries Two Thousand), uma máquina sofisticada com inteligência artificial e a voz do actor William Daniels.


A série foi um sucesso mundial e ainda é das mais recordadas hoje em dia. Michael Long era um policia que apesar de sobreviver a um tiroteio fica desfigurado. Salvo pelo milionário Wilton Knight (Richard Basehart, que também narrava o genérico) e com um novo rosto, Long assume a sua nova identidade de Michael Knight e tenta lutar contra o crime e realizar o sonho de Wilton Knight de que "um homem pode fazer a diferença". Mas apesar de o herói solitário trabalhar no campo com o seu "cavalo mecânico", contava também com o apoio da FLAG - Foundation for Law And Governement e de uma equipa liderada por Devon Miles (Edward Mulhare). A Dr. Bonnie Barstow (Patricia McPherson), além da chefe técnica de K.I.T.T., era um interesse amoroso de Michael. Na segunda temporada Bonnie foi substituída por April (Rebecca Holden), mas a pedido dos fãs e dos colegas, regressou às suas funções na terceira e quarta temporadas.



Era obrigatório assistir aos episódios, que reunia toda a família em redor do televisor para ver na RTP1 as aventuras do engatatão Michael Knight, quase secundário perante o grande trunfo da série: a personagem K.I.T.T., o fascinante carro falante,  o Pontiac Firebird Trans Am modificado mais veloz da TV e capaz de grande acrobacias com direito a replay. Muitos dos pontos altos eram precisamente o momento em que era activado o Turbo Boost que permitia ao K.I.T.T. saltar muito alto. (Veja aqui um video de quase 10 minutos com a maioria dos Turbo Boost durante a série: "Turbo Boost Tribute")

Tal como no tempo do MacGyver, lembro-me da ansiedade que sentia ao voltar da praia ao Domingo à tarde, aflito para chegar a tempo do inicio do episódio da semana.
Como eu adorava ver o K.I.T.T. "transformar-se" para usar a principal novidade da ultima temporada: o Super Pursuit Mode:



Não me recordo de ter merchandising oficial do Justiceiro, decerto tive cromos e outras coisas do género, mas um dos meus brinquedos favoritos de sempre foi um grande K.I.T.T. a pilhas (creio que não oficial) oferecido no Natal, que se transformava num robot, uma fantástica combinação do Knight Rider e dos Transformers! Há anos que procuro na Internet por fotos ou informação sobre este brinquedo, mas sem sucesso. Ainda nos anos 80, aconteceu na minha terra uma exposição com uma réplica de um K.I.T.T.. Lembro-me que fui ver um dia depois de sair das aulas na escola primária, atravessando um descampado até ao local (uma casa que vende mobiliário), com bastante afluência de visitantes e acho que torci o nariz ao deparar-me com algumas diferenças entre o carro à minha frente e o "carro verdadeiro" que via na TV. Raios partam os putos, nunca estão satisfeitos! Infelizmente, não tirei nenhuma foto com o carro, como vi várias pessoas fazer: a posarem para a foto ao volante do K.I.T.T. e sentindo-se um pouco como o Michael Knight.

Anos mais tarde, "O Justiceiro" passou na TVI, em versão "dublada" no Brasil. Fui incapaz de rever muitos episódios com as vozes substituídas, mas ficou para a história da TV a frase que Michael Knight gritava para o comunicador no relógio: "Kitchi, vem mi buscá!".


Além da série original concebida por Glen A. Larson (Battlestar Galactica, Manimal), e que durou 4 temporadas, num total de 90 episódios; foram desenvolvidos mais tarde três tele-filmes [Knight Rider 2000 (1991), Knight Rider 2010 (1994) e Knight Rider (2008)] e duas séries que duraram pouco tempo: Team Knight Rider (1997) e Knight Rider ( 2008 - com o filho do Michael Knight a tomar as rédeas o volante do carismático automóvel falante, que nesta versão do século XXI está mais artilhado que nunca).

Algo que vem logo à cabeça quando se fala no K.I.T.T. é o scanner vermelho na frente da viatura, herança directa dos Cylons da série Galactica, também criada por  Glen A. Larson. Outro dos mais icónicos elementos da série é o tema inicial (ouvir), de Stu Phillips. Como curiosidade, reparem na semelhança entre os acordes do tema de Knight Rider com os de "March and Procession of Bacchus ", do século XIX.


Genéricos:

Genérico inicial da Primeira Temporada:
Genérico inicial da Segunda Temporada:
[ou aqui]
Genérico inicial da Terceira Temporada:
Genérico inicial da Quarta Temporada:

Ou aqui, reunidos com melhor qualidade de imagem: " Knight Rider Intros Collection".

Comparem aqui com esta pérola, a malta do Leste diverte-se. E os franceses também.
Um dos grandes momentos da série foi a aparição do gémeo malvado do K.I.T.T., ou melhor  o seu protótipo defeituoso: K.A.R.R., no episódio 9 da 1ª temporada, com a voz de Peter Cullen (o Optimus Prime dos Transformers). Depois da aparente destruição da viatura maligna, este volta noutro episódio da 3ª temporada, com aspecto e voz diferente (Paul Frees). K.A.R.R. volta a surgir apenas na série de 2008, novamente com a voz de Peter Cullen, e ainda mais letal.

Capa de um jogo para NES, de 1989:

Claro que no tempo da Caderneta de Cromos, Nuno Markl dedicou um dos seus cromos à serie:
Como sempre, o leitor pode partilhar experiências, corrigir informações, ou deixar sugestões aqui nos comentários, ou no Facebook da Enciclopédia: "Enciclopédia de Cromos"

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Olá! Bom blog!
    O brinquedo que refere no texto é vendido como um "Transformer Vintage" no ebay.
    Foi fabricado em 1985, em Hong Kong pela empresa Hang Tjuk.
    Recorrendo ao Google, e usando as palavras "Hang Tjuk robot car" pelas imagens poderá ter a sorte de encontrar o referido brinquedo, no meio de imagens sem terem nada a ver...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, obridao pela visita e muito obrigado pela dica! Vou investigar :D

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...