sábado, 2 de novembro de 2013

Diana Ross "Muscles" (1982)

por Paulo Neto

Poucas cantoras podem gabar de uma carreira tão longa e gloriosa como Diana Ross. No entanto, até mesmo a sua carreira teve uns quantos momentos cromos. Por exemplo, em 1996, Miss Ross versionou o clássico "I Will Survive" e no respectivo videoclip, aparecia numa parada de travestis, mas o ponto alto é quando ela se atira à assistência e faz um crowdsurfing




Quem diria que apenas cinco anos depois da icónica cena do videoclip "Even Flow" dos Pearl Jam em que Eddie Vedder se atira de um balcão para o meio da multidão, essa prática tão radical iria tornar-se tão mainstream que até Diana Ross se afoitou a fazer?


Porém, aquele será o momento mais cromo da carreira de Miss Ross foi em 1982. O álbum "Silk Electric", o segundo álbum após a sua saída da Motown, foi produzido pela própria, à excepção da faixa inicial, que foi escrita e produzida por um amigo seu de longa data: Michael Jackson.

Em "Muscles", Diana Ross afirma a ronronar que, para ela, não basta que um homem seja compreensivo e a satisfaça, tem que ter músculos da cabeça aos pés a quem ela possa agarrar (só não se importa se ele é novo ou velho), e que enquanto há quem queira ver a personalidade, ela quer é ver a anatomia. 


Como se a canção em si (e ter sido escrita por quem foi) já não tivesse cromice suficiente, o videoclip levava-a a outro nível, com Ross na cama com vários bodybuilders e cenas como os ditos cujos a equilibrarem-se no braço dela e ela a voar sobre uma paisagem que se vem a descobrir que foi construída em cima de um dos culturistas com casinhas e árvores de brincar.


Um dos culturistas que aparece no vídeo é Gil Birmingham, que hoje em dia é sobretudo conhecido pela sua participação nos filmes da saga Twilight como Billy Black, o patriarca dos índios-lobisomens. 

"Muscles" foi top 10 nos Estados Unidos, Holanda e Suécia e valeu a Ross mais uma nomeação para o Grammy de Melhor Interpretação Feminina de R&B.



Curiosamente na altura, Diana Ross namorava Gene Simmons dos KISS (tendo sido portanto uma das muitas belas deste monstro do rock), alguém que apesar de bem-apessoado, não é famoso pelos seus músculos mas por outra parte anatómica. Será que em privado, Diana Ross lhe cantava "I want tongues"?
      


Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...