terça-feira, 13 de outubro de 2015

All You Need Is Love (1994-1997?)

por Paulo Neto

O amor é fogo que arde sem se ver, mas em 1994, a SIC estreou um programa que pretendia deixar esse fogo bem visível no pequeno ecrã. "All You Need Is Love" foi uma das principais novidades da SIC para a nova grelha de 1994. Produzido pela Endemol a partir de um formato original holandês (dah!), o programa já fazia sucesso em diversos países europeus até chegar a Portugal. Segundo a Wikipedia, o programa teve três temporadas exibidas entre 1994 e 1997, mas eu tenho ideia que chegou a haver mais pelo menos mais uma em anos seguintes. A primeira temporada foi apresentada por Lídia Franco e as restantes por Fátima Lopes.




"All You Need Is Love" convidava os portugueses a expressarem os seus sentimentos amorosos das mais diversas formas. As comparações com "Perdoa-me", outro produto made in Endemol estreado cá uns meses anos, eram inevitáveis mas ao contrário deste, "All You Need Is Love" distinguia-se sobretudo por ter conteúdos muito diversificados. Eis alguns deles:

- Alguém desimpedido e disponível para conhecer uma pessoa para uma possível relação, gravava um vídeo, a ser exibido no programa. Os interessados em conhecer essa pessoa contactariam a produção. No programa seguinte à exibição do vídeo, a pessoa que gravou o vídeo (e foram pessoas de ambos os sexos e de várias idades a fazê-lo) conversava os possíveis candidatos a namorado ou namorada no bar do "All You Need Is Love", revelando a sua escolha no final do programa. Geralmente o número de candidatos não ia além da dezena, mas lembro-me de um caso na primeira temporada, onde uma jovem chamada Dina impressionou tanta rapaziada que surgiram para aí uns trinta rapazes no programa para a conhecerem!

- Com a ajuda do programa, vários portugueses e portuguesas faziam uma surpresa para confessarem o seu amor àquele ou àquela por quem estavam apaixonados. Por exemplo, no primeiro programa, um rapaz confessou o seu amor por uma amiga chamada Sofia através de um avião que sobrevoou a praia onde estava a dita Sofia com a mensagem: "Sofia, estou apaixonado por ti".

- Havia igualmente alguns segmentos a fazer lembrar o "Perdoa-Me", onde alguém tentava pedir perdão à pessoa amada, através de uma mensagem em vídeo. 

- E também havia segmentos tipo "Ponto De Encontro", onde se reuniam casais separados pela distância. No primeiro programa, uma senhora presente na assistência teve a oportunidade de falar por telefone com o marido, que supostamente estava na Austrália a trabalhar num navio de cruzeiro. Mas a meio da conversa, surgiu o marido em estúdio inesperadamente, dando-se um emotivo reencontro. Recordo-me também de um episódio em  que, durante uma suposta ligação ao estúdio do programa na Holanda, um holandês de olhos azuis chamado Guus declarava-se ainda apaixonado por uma portuguesa de olhos castanhos chamada Fernanda, com quem vivera um intenso romance em Amesterdão, ao longo do qual os dois se tratavam carinhosamente por "brown eyes" e "blue eyes". E nem por acaso, a Fernanda "brown eyes" estava presente na assistência do programa e enquanto esta gravava uma mensagem de resposta ao Guus "blue eyes", surgiu o holandês no estúdio em Portugal, pronto a restabelecer o romance em solo português.      

- Outra forma de alguém fazer uma surpresa à pessoa amada, era cantando-lhe uma canção conhecida com uma nova letra que espelhava a história de ambos. Recordo-me de um caso em que um homem cantou à sua esposa uma versão de "Hello" de Lionel Ritchie, que terminou com a esposa lavada em lágrimas e o homem lavado em suor que escorria em bica na sua cara não só com o calor do estúdio mas também do fato smoking que envergava.



- Nas temporadas mais adiantadas, havia um segmento onde se homenageavam as histórias de amor de alguns casais através de curta-metragens onde actores recriavam a respectiva história. Alguns desses mini-filmes eram mesmo muito elaborados, como por exemplo um que recriava a história entre um soldado português e uma angolana em plena Guerra Colonial, que parecia que tinha algumas cenas filmadas em Angola. 

- Também havia um momento musical onde as pessoas presentes na assistência formavam pares para dançar enquanto o cantor convidado cantava uma famosa balada. Chegaram mesmo a marcar presença no programa alguns convidados internacionais como a italiana Laura Pausini. Neste vídeo, temos um desses segmentos onde Pedro Miguéis, Nucha, Beto e Rita Guerra cantam "Yesterday":



Ao longo da sua emissão, deve ter havido portanto imenso casalinhos formados pelo programa. Apesar das críticas à exploração do desejo dos portugueses aparecerem na televisão, à exposição dos sentimentos da vida privada das pessoas e à veracidade dos casos apresentados, "All You Need Is Love" foi outro programa marcante da televisão portuguesa nos anos 90. 

Em 1994, foi editado um CD oficial do programa que continha várias baladas conhecidas e a versão interpretada por Pedro Miguéis do tema dos Beatles que dava nome ao programa, versão essa que era usada no genérico.

Excertos do programa (YouTube):


Excertos do programa (Sapo Vídeos): http://videos.sapo.pt/3zaZvEJZPngrF7nAFrTg#embed_bt

Vídeo do 2.º programa (18-09-1994)
(aos 25:25, o vídeo da Dina que teve mais 30 pretendentes no programa seguinte)






Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...