sábado, 21 de fevereiro de 2015

"Adultos à Força" (1994-2000)

por Paulo Neto

Outra das séries que eu costumava seguir na TVI nos anos 90 foi "Adultos À Força", uma série juvenil que lançou as carreiras dos seus protagonistas. Com o título original "Party Of Five", a série narrava a vida de cinco irmãos que devido à morte dos pais num acidente de viação são obrigados a crescer antes do tempo e a assumir responsabilidades para as quais eles ainda estavam longe de estar preparados. A série teve seis temporadas entre 1994 e 2000, sendo que a TVI exibiu as três primeiras entre 1996 e 1998. 


A tragédia abate sobre a família Sallinger quando os pais são mortes num acidente de viação ao chocarem contra um condutor alcoolizado, deixando de repente os cinco filhos órfãos. Charlie (Matthew Fox), o filho mais velho tem 24 anos e acabava de sair de um período conturbado onde deixara a universidade e vivia de forma indulgente, com sexo e drogas e de repente vê-se como o chefe de família e principal guardião dos seus irmãos: o perspicaz Bailey (Scott Wolf) de 16 anos, a sensível Julia (Neve Campbell) de 15, a precoce Claudia (Lacey Chabert) de 11 e Owen, o bebé de apenas um ano. Para sustentar a família, Charlie assume a gestão do restaurante dos pais com a ocasional ajuda de Bailey. Ao longo da série, os cinco irmãos lidam com os efeitos a curto e longo prazo de serem órfãos e enfrentam diversos tipos de problemas pessoais, desde aqueles típicos da sua idade a outros mais graves (cancro, alcoolismo, gravidezes não planeadas, violência doméstica). 
Entre os diversos interesses amorosos dos irmãos ao longo da série, destacam-se quatro: Kirsten (Paula Devicq) que é contratada para ama de Owen e que se envolve numa relação intermitente com Charlie, com quem acaba por casar após diversas rupturas e recomeços; Sarah (Jennifer Love Hewitt), a mais regular das namoradas de Bailey, sensível, dotada de talento como cantora; e fora outros de permeio, Julia acaba sempre por alternar entre dois amores: o rebelde Griffin (Jeremy London), com quem chega a casar, e o extrovertido Justin (Michael Goorjian).




Eu lembro-me que uma das coisas que eu mais gostava da série era dos diálogos, que eram muito bem escritos, se bem que um pouco inverosímeis. Assim de repente, eu não imaginava na vida real gente daquela idade a dizer coisas tão maduras e elevadas. Era raro o episódio onde não houvesse alguém, numa cena climática, que dissesse algo extremamente profundo. Mas o certo é que, aliados ao talento dos jovens protagonistas, esses diálogos resultavam, tornado-se fácil os espectadores identificarem-se de certa forma com as personagens e os problemas que eles enfrentavam. 



Apesar de desde logo elogiada pela crítica, "Adultos À Força" não foi um sucesso imediato da audiência e diz-se que esteve quase para ser cancelada, sendo salva por ter ganho inesperadamente em 1996 o Globo de Ouro para Melhor Série Dramática. A série teve uma breve spin-off em 1999, "Time Of Your Life" protagonizada por Jennifer Love Hewitt e com umas então pouco conhecidas Jennifer Garner e Pauley Perette.

A série acabou por lançar as carreiras dos actores protagonistas, até então pouco conhecidos. (Eu por acaso já conhecia Neve Campbell da série canadiana "Catwalk" que passou na RTP 2). Neve Campbell e Jennifer Love Hewitt protagonizaram dois títulos que renovaram o género dos filmes de terror nos anos 90, "Scream-Gritos" e "Sei O Que Fizeste No Verão Passado". Matthew Fox conheceu ainda maior sucesso como protagonista de "Lost". Lacey Chabert evidenciou-se em filmes como "Lost In Space" e "Mean Girls - Giras e Terríveis". E Scott Wolf continua bastante activo em televisão, nomeadamente "Ever Wood", "Perception" e a nova versão de "V. - A Batalha Final". Jacob Smith, que fez de Owen na fase mais avançada da série, entrou nos dois filmes da série "À Dúzia É Mais Barato".

Genérico (1.ª Temporada):



  


Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...