domingo, 13 de abril de 2014

A Guerra das Estrelas III - O Regresso de Jedi

Eu sou fã tardio de StarWars - a saga da Guerra das Estrelas; o terceiro filme da trilogia clássica veio parar aos cinemas ainda eu tinha quatro anos de idade, e como não tive leitor/gravador de VHS até final dos anos 90, só conheci a saga da televisão. Aliás, quando comprei o video, das primeiras coisas que fiz foi comprar na feira das velharias local uma gravação caseira em VHS do primeiro filme - que logo revi várias vezes - e a colecção da Edição Especial de 1997 [vejam a dita cuja aqui], que deve ter a fita bem desgastada. Como disse, fã tardio, mas dura até hoje. E portanto foi com grande alegria que, enquanto vasculhava uma pilha de revistas numa feira de velharias que me deparei com este artigo na Coquete Nº 21, dedicado ao filme "O Regresso de Jedi" ("Star Wars: Episode VI: Return Of The Jedi" ) que já havia estreado em Maio (de 1983) nos EUA e já era um colossal êxito quando chegou á nossa costa em 14 de Outubro.
Planeava apenas publicar as páginas no Tumblr da Enciclopédia, mas quando passei os olhos no texto reparei nalgums pequenos pormenores que merecem um pequeno comentário.
Clique sobre a foto para a aumentar:
No título está indicado como "A Guerra das Estrelas III" - o que não deixa de estar correcto - apesar de "O Regreso de Jedi" ser o Episódio VI de uma história planeada de nove filmes. No entanto, essa contagem em episódios ainda nºao tinha sido incluida nos títulos. Entretanto já estrearam os Episódios I a III (1999, 2002 e 2005) e està em preparação a trilogia "final", os episódios VII a IX.
Os dois primeiros parágrafos espantam-se com o fervor dos fãs americanos que acamparam antes da estreia e que durantes semanas lotou as salas e fez "rebentar a escala" de audiência, "superiores ás de E.T.!" (o grande êxito do ano anterior). Em seguida menciona-se os personagens principais da saga de aventuras espaciais: "Luke Skywalker, Han Solo e da restante equipa de <<A guerra das estrelas>>, inclusivé o robot que emite apitos, Erzwo-Dezwo, e o seu reluzente colega Ce-Dreipio". Bem, na altura não havia Internet para consultar os nomes fonéticos correctos dos dois andróides, R2-D2 (Artoo-Detoo) e C-3PO (See-Treepio), e já tenho lido até material oficial com os nomes por extenso mal escritos, portanto até pode ser este o caso. Continua falado dos "personagens estranhos e plenos de fantasia" e do "cavaleiro negro Darth Vader" que está encarregue de criar uma nova Estrela da Morte, ainda mais poderosa para criar problemas aos nossos heróis. Depois uma frase enigmática: "Mais de metade dos planetas parte da pequena lua Endor, estão quase todos reconstruídos". O que é facto é que a Estrela da Morte está a ser construida em órbita de Endor. Mudamos depois de planeta, o desértico - promovido a "devastado" - Tatooine, o lar de Luke, que no inicio do filme tenta salvar Han Solo e a princesa Leia do gangster Jabba, referido no texto como estando "ele próprio metamorfoseado num enorme sapo, e possui uma visão tridimensional". Ora, Jabba não foi transformado naquela forma horrorosa, mas tem o aspecto tradicional da sua espécie, que tal como os seres humanos tem "visão tridimensional" (desconheço o motivo para enfâse nesse aspecto). Porém, apesar de Jabba não ter sido transformado nos filmes, existe uma cena que foi cortada do filme "A Guerra das Estrelas" de 1977, em que Jabba surge a falar com Han Solo, e ai Jabba - apesar de gordo - tem aparência humana. No texto os agora famosos light saber são ainda referidos como "arma de raios laser", e "Jedi" é usado como um nome próprio. Curiosamente, na foto com a legenda "A nave espacial <<Millenium Falcon>> pertence à nova estrela da morte", o "Millennium Falcon" não é visível.

Como bónus, algum material da época:
Poster da semana de estreia, que o promove como "O Milagre do Cinema!":
Um texto do suplemento Sábado, do Diário de Lisboa de 15 de Outubro, que se foca no poder do maior produtor independente de cinema, George Lucas, o arquitecto da Guerra das Estrelas. Clique para aumentar:



Uma crítica da semana seguinte à estreia:
"Entre a desbragada imaginação e uma ética que rejeita a raiva e o ódio, O regresso de Jedi é um espectáculo total que consegue despertar em nós os mundos perfeitos da adolescência."

Comentem! Quem foi assistir ao filme no grande ecrã? Na estreia ou na edição especial?

Páginas retiradas da revista Coquete 21, de 27 de Outubro a 2 de Novembro de 1983.

Como sempre, o leitor pode partilhar experiências, corrigir informações, ou deixar sugestões aqui nos comentários, ou no Facebook da Enciclopédia: "Enciclopédia de Cromos". Visite também o Tumblr: "Enciclopédia de Cromos - Tumblr".

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

5 comentários:

  1. Cheguei a comprar a revista Coquete porque era barata e tinha temas que me interessavam mesmo que o nome e algumas secções indicassem outro tipo de público. Não devem ter reparado mas era habitual aparecer a tradução de artigos da revista Bravo e este deve de certeza ser um exemplo disso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela informação. Curiosamente, este foi o único numero da revista que me veio parar ás mãos, não fazia ideia de usarem artigos da Bravo (que também só conheci mais lá para finais dos 90s, quando a minha irmã as comprava). E Coquete não me teria chamado a atenção a não ser que como esta tivesse na capa uma chamada de atenção da Guerra das Estrelas :)

      Eliminar
    2. blog recente que tem algumas imagens da revista - http://desaparecidomasnaoesquecido.blogspot.pt/

      Eliminar
    3. glb , obrigado pela dica, não conhecia esse blog, tem muita coisa interessante! :)

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...