sábado, 29 de dezembro de 2012

Hermanias Fim de Ano (1991/92)

por Paulo Neto

A passagem de ano de 1991 a 1992 foi feita ao som de risos, com Herman José a garantir um divertido serão de réveillon na RTP. Depois do especial "Crime na Pensão Estrelinha" do ano anterior, desta vez optou-se um programa com vários sketches, alguns parodiando acontecimentos do ano de 1991, outros dramatizando simples anedotas e anúncios publicitários, passando por algumas paródias a figuras históricas. A ideia inicial era recuperar o universo de "O Tal Canal", mas acabou-se por optar por uma estrutura menos conceptual, um pouco ao estilo do "Hermanias", daí que tenha sido este o título da emissão: "Hermanias Especial Fim de Ano".





Acompanhando Herman estavam alguns colaboradores de outros programas como Ana Bola, Vítor de Sousa, Lídia Franco, José Pedro Gomes, Maria Vieira, Miguel Guilherme, São José Lapa, Rita Blanco, Filipe Ferrer e Rosa Lobato Faria, para além de algumas participações especiais de nomes como Nicolau Breyner, Teresa Guilherme, Carlos Cruz, Ana Maria Lucas, Valentina Torres, Carlos Ribeiro e até a própria mãe do Herman.

Aliás, um dos sketches que ficaram na minha memória, foi esta paródia aos shampoos 2 em 1, com Teresa Guilherme anunciando o produto 5 em 1, "Bardajix 5"!


Mas o sketch que ficou para a história é aquele que ficou conhecido como "Eu é mais bolos", um bordão que rapidamente circulou nas bocas do povo. Nele, Lídia Franco faz de uma entrevistadora a pessoas come estranhas profissões e Herman de José Severino, o pasteleiro que era o convidado certo na semana errada. O humor vem da confusão que se instala entre a entrevistadora, que tendo as perguntas para outro convidado, vê-se desnorteada e o entrevistado, que incapaz de responder às perguntas preparadas porque não se destinavam a ele, vai falando do seu ofício de pasteleiro, repetindo amiúde "Eu é mais bolos!





Outro sketch marcante foi o da entrevista ao humilde e rústico poeta Carlos Carrapiço. Herman é o poeta, Vítor de Sousa o erudito entrevistador e Rosa Lobato Faria a declamadora que diz o célebre verso: "Fui ver, era um ovário!"

 

No ano em que foi exibido na RTP 2 o controverso filme "O Império dos Sentidos", não podia faltar uma paródia à obra de Nagisa Oshima, com Herman a seduzir São José Lapa e Rosa Lobato Faria. Nem sequer faltou a menção à expressão "farfalota pimpinela", na altura referida amiúde na "Roda da Sorte".



Ao longo do programa, houve vários sketches com a personagem Ivete Marise, a "esteticiante" que ilustrou um dos sketches de "Crime Na Pensão Estrelinha", que virou conselheira sentimental.



Outra personagem recorrente é a do célebre Tony Silva, que versiona canções conhecidas falando em temas que marcaram o ano de 1991, como uma versão de "Não Há Estrelas No Céu" sobre o colapso da União Soviética. 


Colapso esse que também foi alvo de um mítico sketch, "O Busto".





O programa foi editado em DVD há uns anos (em 2009 se não estou em erro), primeiro numa edição com a revista "Time Out" e depois em venda isolada (eu comprei a minha cópia na FNAC). Mas no canal do YouTube de Herman José, o programa pode ser visto na íntegra em onze partes.

Este é o meu último texto para a Enciclopédia em 2012. A todos os leitores do blog, um feliz 2013. (Ou pelo menos não tão mau como parece que vai ser...)

ACTUALIZAÇÃO (2016): O excelente site Brinca Brincando dedicou recentemente um artigo sobre o programa, ilustrado com imagens de outros momentos do programa. 

A decapitação de Maria Antonieta 
(dobrada por Celeste Royal, a personagem de Ana Bola em "Casino Royal")


Entrevista ao jovem delinquente Zé Chunga
(que já tinha aparecido num dos sketches de "Crime na Pensão Estrelinha")


O pai da Mona Lisa suborna a criada de Leonardo Da Vinci para que este pinte o retrato da filha


Pika (não confundir com Kika, uma cantora que na altura aspirava a ser a Xuxa portuguesa) anuncia o seu show de strip-tease no Badalhocas Bar.


A cantora brasileira chega a Portugal para um concerto no Pavilhão Tomás Taveira



Joaquim Letria entrevista o recém-deposto General Pinochet


Valentina Torres apresenta uma actuação da fadista castiça russa Lidia Ivanova, acompanhada à viola por Sergei Andropov e à balalaica por Vladimir Solietsin. No seu fado, Ivanova queixa-se do elevado custo de vida na Rússia após a queda do comunismo.


Um sketch com os inesquecíveis Nelito e Dona Palmira


Paródia a um famoso anúncio de preservativos com Ana Maria Lucas e Carlos Cruz


Entrevista ao realizador chinês Tu Fang Uan, por intermédio das intérpretes Lisete Capelo (que traduz de português para francês) e Shiroku de Montparnasse (que traduz de francês para chinês). 
Por causa destas intérpretes traduzirem mais do que era suposto, gera-se uma acessa discussão entre o realizador e o entrevistador.

 

Entrevista a uma portuguesa que fugiu do Zaire (actual República Democrático Congo, onde conflitos armados em 1991 levaram à fuga de alguns portugueses imigrados nesses país) e trazendo umas quantas garrafas de álcool em contrabando.


Ó mulher, quem te disse a ti, que a flor do monte era o alecrim? Whoooo!



Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...