quinta-feira, 3 de maio de 2012

Colecção Azul - Círculo de Leitores



Colecção de livros de capa dura, omnipresente em bibliotecas e prateleiras de casa: Colecção Azul, do Círculo de Leitores [1]. Os livros retratados nas fotos deste artigo fazem parte da colecção da Ana Trindade, e apesar de não estar completa, inclui vários dos chamados "clássicos" da literatura direccionada - creio - ao publico juvenil. Por exemplo: "Viagens de Tom Sawyer" de Mark Twain; "Cântico de Natal" de Charles Dickens; "Mulherzinhas" de Louisa May Alcott, "As Meninas Exemplares" da
Condessa de Ségur, etc.
Vejam algumas das capas:


 Mais livros e informação depois do "link":



No site "Alfarrabista" é possível ver uma lista dos livros desta colecção: "Colecção de Livros: Azul".

"Caderneta de Cromos" sobre o Círculo de Leitores:



Para verem a enorme colecção de livros vintage da  Ana Trindade:
"A minha Caderneta de Cromos - Livros I".


[1]"O Círculo de Leitores é o único Clube do Livro em Portugal, com uma rede de assistentes espalhada por todo o país.
Foi fundado em 1971, e desde então faz parte do DirectGroup Bertelsmann, um grupo de dimensão internacional, que reúne actualmente algumas das mais importantes editoras de Portugal, como a Temas e Debates, Bertrand, Editora Pergaminho." Wikipedia


Mais cromos da Ana Trindade: "Enciclopédia de Cromos - Ana Trindade"

Como sempre, o leitor pode partilhar experiências, corrigir informações, ou deixar sugestões aqui nos comentários, ou no Facebook da Enciclopédia: "Enciclopédia de Cromos". Visite também o Tumblr: "Enciclopédia de Cromos - Tumblr".

Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

3 comentários:

  1. Tive alguns livros dessa colecção, sobretudo os da Condessa de Ségur. Mas tenho um carinho especial pelas "Mulherzinhas", que foi o primeiro livro não-tão-infantil-como-isso que li, aos 7 anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tive várias vezes hipótese de ler esse, mas acho que o titulo me afugentou, não queria ler histórias para miúdas :D

      Eliminar
  2. Se me poderem facultar uma ajuda, eu consegui chegar a informações sobre todos os autores da colecção (mesmo os mais obscuros hoje, como a Condessa de Ségur, a de Pitray ou Jules de Peyrony), excepto duas: Ellery Parker e Francine Fontanet, das quais só encontro registo dos livros em Português desta colecção. Os nomes estão mal-escritos na colecção? Estão simplificados demais (como o caso de Peyrony, que tende a surgir na língua original como Henriette d'Isle Peyronny, sendo o verdadeiro nome Vve Georges de Létorière., Mme Jules de Peyronny) ou serão de todo pseudónimos pseudo-estrangeiros de Salomé de Almeida Vieira ou outra autora/tradutora da colecção? Alguém tem alguma informação?

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...