sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Meteorologia SIC (1992-2000)

por Paulo Neto

Nós gostamos sempre muito de receber feedback dos leitores do blogue e/ou seguidores da página do Facebook e é sempre bom quando eles nos dão sugestões para artigos. Foi o caso do Bruno Miguel Neves Silva que nos propôs uma análise à meteorologia na SIC nos anos 90 e uma vez que estamos em mês de aniversário da SIC, é uma boa ocasião para tal recordação.

Hoje em dia, tal como nos outros canais generalistas, as previsões para o estado do tempo estão integradas nos espaços noticiosos, mas durante muito tempo a divulgação dos boletins meteorológicos tinham o seu espaço próprio. A RTP tinha essa instituição de décadas que era "O Tempo" e nos seus primórdios, a TVI tinha o seu espaço meteorológico a cargo do Professor Anthímio de Azevedo sob o título "As 4 Estações" (que aludia à designação inicial deste canal, "A 4").

No caso da SIC, este espaço era simplesmente intitulado "Meteorologia" e era filmado diante de um cenário croma onde se explicava os estados climáticos na Europa e de Portugal. Nos primeiros meses de emissões, foi na condução deste espaço que se estrearam duas das mais eternas caras da SIC, José Figueiras e Ana Marques. Havia uma terceira apresentadora durante este período inicial: Ana Paula Félix. Os três foram sido escolhidos de um casting de 600 candidatos






Mas para mim, falar da Meteorologia da SIC nos anos 90 é falar de três caras: Alexandra Fernandes, Cristina Möhler e Maria João Pinheiro. Eram estas as três beldades que nos tempos áureos da SIC nos informavam no estado de tempo ao longo da programação do canal. Surgiam geralmente vestidas de forma elegante, realçando a beleza de cada uma mas obviamente nunca de forma excessivamente sensual. Eram icónicos os momentos em que elas apareciam de corpo inteiro sobre um mapa da Europa, com os pés assentes no Norte de África. Eu lembro-me que certa vez estava num café com os meus pais enquanto dava um boletim meteorológico da SIC na televisão e perante a visão da apresentadora (não fixei qual delas era naquele dia) naquele cenário, um senhor certamente já com o grão na asa exclamou a viva voz: "Ai quem me dera ser Marrocos para o ver ela por baixo!". Um pormenor que eu particularmente gostava, como bom vexilófilo que eu sou, era quando aparecia as previsões do estado do tempo nas principais capitais da Europa (Amesterdão, Atenas, Berlim, Bruxelas, Londres, Madrid, Moscovo, Paris, Roma e Estocolmo) acompanhadas das respectivas bandeiras. Outro momento icónico era quando depois do boletim, havia a menção em voz-off: "As apresentadoras da meteorologia da SIC são vestidas por [nome da marca de roupa]." A mais célebre dessas vozes-off era a de José Carlos Malato de quem me recordo ouvir dizer que elas eram vestidas por Augustus, Alain Manoukian, Don Algodon ou Mexx.

Alexandra Fernandes era a mais vistosa das três e até havia quem lhe chamasse a Pamela Anderson da meteorologia. Nascida a 26 de Maio de 1971, além deste espaço e de aparições em vários programas, deu algumas pequenas incursões como actriz. O seu papel de maior destaque foi o da série da RTP "Um Estranho Em Casa" onde entrou em quatro episódios no papel de Margarida e também fez cameos nas séries "Médico de Família" e "Uma Aventura" e na telenovela "Tempo de Viver". Em 2005, foi uma das concorrentes da "Quinta das Celebridades". Embora tal como as outras suas ex-colegas esteja já há vários anos fora dos ecrãs da televisão é aquela que vai aparecendo mais nos eventos sociais.

Alexandra vestida a preceito para o calor de Julho de 1996:



Alexandra de botas altas no princípio da Primavera de 1997



E Alexandra num cenário com um design já algo diferente em Março de 2000



 Maria João Pinheiro era a mais recatada das três e havia algo de aristocrático na sua postura quando apresentava. Para além da meteorologia, co-apresentou com Rogério Samora o programa "Número Um" em que a cada programa se procurava eleger o melhor português numa determinada profissão. Teve cameos em "Médico de Família" e "Os Trapalhões Em Portugal" bem como presenças em vários programas e especiais da SIC. E terá sido certamente nos corredores da SIC que terá conhecido Miguel Esteves Cardoso, que nessa altura notabilizava-se no programa "A Noite Da Má Língua". Os dois casaram-se em 2000 e desde então que Maria João Pinheiro afastou-se da vida mediática, só voltando a ser notícia anos mais tarde por ter sobrevivido a um cancro da mama em 2009 e um tumor no cérebro em 2012. Antes, durante e depois dessas tormentas, Miguel Esteves Cardoso escreveu belíssimas e apaixonadas crónicas sobre a relação de ambos que podem ser lidas nos seus livros "Como É Linda A Puta Da Vida" e "Crónicas de um Português Arreliado".

Maria João de tranças e vestido de inspiração hippie em Dezembro de 1994.


Maria João em tons alaranjados em Outubro de 1997, num dia em que só Península Ibérica escapou a um frio generalizado em toda a Europa.




Como o seu nome indica, Cristina Möhler tinha uma fisionomia que remontava para terras germânicas. Nascida a 23 de Maio de 1975, foi aquela que teve uma carreira mais prolífica como apresentadora, apresentando também "Luna Park" e "O Templo dos Jogos" na SIC, "Ri-te, Ri-te" na TVI, "Quebra-Cabeças" e "Lux" na RTP, bem como o Festival da Canção de 2001. É casada desde 2006 com o ex-futebolista Paulo Sousa e a última vez que me lembro de a ver na televisão foi durante o sorteio dos grupos do Europeu Sub-21 de futebol de 2006, que se realizou em Portugal.

Cristina de vermelho, anunciando um solarengo dia primaveril em Abril de 1994.



Cristina de chapska branca, aludindo ao frio que se fazia sentir em Novembro de 1995.




Embora Alexandra, Cristina e Maria João fossem de longe as mais icónicas, não foram as únicas apresentadoras da meteorologia durante os anos dourados da SIC. No Youtube achei também blocos apresentados por Maria Gameiro e Anabela Rodrigues






E os leitores, que memórias guardam da "Meteorologia" da SIC? Qual das apresentadoras era a vossa favorita? Eu não me consigo decidir, cada uma tinha o seu estilo próprio e igualmente cativante. 

E claro está, se tiverem uma ideia para um cromo sobre algo que ainda não abordámos, façam como o Bruno e deixem as vossas sugestões aqui no blogue ou na página do Facebook. 

Vídeos no YouTube dos canais Lusitania TV, Ricardo Loureiro, Vasco Ferreira e SIC Sempre Gold.


Se gostou, Partilhe: »»

Save on Delicious

3 comentários:

  1. Boas,

    Tinha ideia, que o Paulo Sousa já se tinha divorciado da Cristina.
    Obrigado e bom trabalho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas parece que continuam casados. As últimas notícias sobre a relação de ambos contam que renovaram os votos em 2016.

      Eliminar
    2. Olha, nem sabia. Antes assim :-)
      Obrigado

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...